www.visitportugal.com

Live Chat

Sobre Portugal

Passaportes e Vistos
Passaportes e Vistos

Os cidadãos da União Europeia, Bulgária, Chipre, Islândia, Liechtenstein, Malta, Noruega, Roménia e Suíça necessitam apenas do bilhete de identidade para entrar em Portugal.

Se forem menores de idade, além do bilhete de identidade, deverão apresentar também uma autorização dos pais para viajar.

Para estadas com uma duração que não ultrapasse os 90 dias, o passaporte válido por um período superior a três meses após o final da estada, é necessário aos visitantes provenientes de Albânia, Andorra, Antigua e Barbuda, Argentina, Austrália, Bahamas, Barbados, Bósnia-Herzegovina, Brasil, Brunei, Canadá, Chile, Coreia do Sul, Costa Rica, Croácia, Estados Unidos da América, Guatemala, Honduras, Israel, Japão, Macedónia (Antiga República Jugoslava da), Malásia, Maurícias, México, Mónaco, Montenegro, Nicarágua, Nova Zelândia, Panamá, Paraguai, Santa Sé, São Cristovão e Nevis, São Marino, Sérvia, Seychelles, Singapura, Uruguai, Vaticano, Venezuela, Regiões Administrativas especiais da República Popular da China em Hong Kong e Macau e Autoridade territorial de Taiwan.

Os cidadãos provenientes de Estados não mencionados anteriormente, necessitam de visto para entrar em Portugal, que poderá ser solicitado ao Consulado ou Embaixada de Portugal no respetivo país, para estadas até um limite de 90 dias.

Nos termos da Convenção de Aplicação dos Acordos de Schengen, os passageiros com origem ou destino num outro estado Schengen, entendido como voo interno, não necessitam de novo visto.

Mais informações em: 

Pedidos de Vistos
- http://www.secomunidades.pt/vistos/index.php?option=com_content&view=article&id=171&Itemid=14&lang=pt
Consulados Portugueses no estrangeiro
- http://www.secomunidades.pt/web/guest/PostosConsulares
Serviço de Estrangeiros e Fronteiras 
- www.sef.pt


Viajar com Animais
Viajar com Animais

Entrada em Portugal de cães e gatos provenientes de Estados-membros da União Europeia
É necessário apresentar um passaporte emitido por um veterinário habilitado pela autoridade competente que:
- deve conter a indicação do nome e endereço do proprietário;
- ateste que o animal se encontra identificado através de um microchip (o dispositivo aplicado deverá estar de acordo com a norma ISO 11784 ou anexo A da norma ISO 11785, caso contrário, o dono terá de dispor de meios para a sua leitura), ou de uma tatuagem claramente legível (permitida apenas durante um período transitório – até 03/07/2011);
- comprove uma vacinação/revacinação antirrábica válida, efetuada quando o animal tinha pelo menos 3 meses de idade, segundo as recomendações do laboratório de fabrico, com uma vacina inativada de, pelo menos, uma unidade antigénica por dose (norma OMS).

Entrada em Portugal de cães e gatos provenientes de países fora da União Europeia
É necessário apresentar um Certificado Sanitário emitido/validado pela Autoridade Veterinária Oficial do país de proveniência (acompanhado dos comprovativos das vacinações, e se for o caso da titulação de anticorpos). O certificado deve comprovar:

- a identificação através de um microchip (o dispositivo aplicado deverá estar de acordo com a norma ISO 11784 ou anexo A da norma ISO 11785, caso contrário, o dono terá de dispor de meios para a sua leitura), ou de uma tatuagem claramente legível (permitida apenas durante um período transitório – até 03/07/2011);
- uma vacinação/revacinação antirrábica válida, efetuada quando o animal tinha pelo menos 3 meses de idade, segundo as recomendações do laboratório de fabrico, com uma vacina inativada de, pelo menos, uma unidade antigénica por dose (norma OMS).
Em relação a alguns países é ainda necessário que o certificado comprove uma titulação de anticorpos neutralizantes, pelo menos igual a 0,5 UI/ml. Esta imposição não se aplica a diversos países como Andorra, Canadá, EUA, Federação Russa, Japão, Noruega e Suíça, entre outros, pelo que se sugere a pesquisa de mais informação sobre este assunto junto da Direcção Geral de Veterinária www.dgv.min-agricultura.pt ou em http://ec.europa.eu/ 

Circulação de animais de companhia
Os Portugueses gostam de animais e é comum terem cães ou gatos nas suas casas. No entanto, a entrada de animais não é permitida em restaurantes, lojas, supermercados e algumas praias.

Nos transportes públicos é permitida a entrada de animais desde que estejam em bom estado de saúde e higiene e sejam transportados em contentores limpos e em bom estado de conservação, ou de cães-guia que acompanhem invisuais. O transporte dos animais pode ser recusado pela empresa transportadora em períodos de maior afluência e é expressamente proibido o transporte de animais perigosos ou potencialmente perigosos.


Franquias Aduaneiras
Franquias Aduaneiras

PAÍSES DA UNIÃO EUROPEIA
Os viajantes provenientes de países pertencentes à União Europeia, poderão transportar consigo na sua bagagem, mercadorias para uso pessoal que não devem exceder os seguintes limites:

Produtos de tabaco:
- 800 cigarros
- 400 cigarrilhas (charutos com um peso máximo de 3 g/unidade)
- 200 charutos
- 1 kg de tabaco de fumar

Bebidas alcoólicas:
- 10 litros de bebidas destiladas e bebidas espirituosas com teor alcoólico superior a 22% vol.
- 20 litros de bebidas destiladas e bebidas espirituosas, aperitivos que tenham por base vinho ou álcool, tafia, saké ou bebidas similares com um teor alcoólico igual ou inferior a 22% vol.
- 90 litros de vinhos (dos quais, no máximo, 60 litros de espumante)
- 110 litros de cerveja

Transporte e circulação de dinheiro

Os viajantes que entrem no território da União Europeia ou dele saiam transportando consigo uma quantia igual ou superior a 10.000 euros, devem declará-la junto das Autoridades aduaneiras, cumprindo assim o que está estipulado no Regulamento (CE) nº 1889/2005, em vigor desde 15 de junho de 2007. Esta imposição tem como objetivo apoiar os esforços da UE para travar a criminalidade e reforçar a segurança, combatendo o branqueamento de dinheiro, o terrorismo e outras práticas criminosas.

PAÍSES TERCEIROS

Os viajantes provenientes de países não pertencentes à União Europeia só poderão beneficiar de isenção do IVA e dos impostos especiais que recaiam sobre as mercadorias transportadas nas suas bagagens, desde que estas se destinem a uso pessoal e não excedam os seguintes limites:

Produtos de tabaco (1):
Cigarros - 200 unidades
ou
Cigarrilhas (charutos com o peso máximo de 3 gr/unidade) - 100 unidades
ou
Charutos - 50 unidades
ou
Tabacos de fumar - 250 gramas

Bebidas alcoólicas (2):
bebidas destiladas e bebidas espirituosas com teor alcoólico superior a 22% vol. - no total 1 litro
ou
bebidas destiladas e bebidas espirituosas, aperitivos que tenham por base vinho ou álcool, tafia, saké ou bebidas similares com um teor alcoólico igual ou inferior a 22% vol.; vinhos espumantes e espumosos, vinhos licorosos - no total 2 litros
e
vinhos tranquilos - no total 2 litros.

Perfumes:
50 gramas de perfume
e
250 ml de águas de colónia.

Café (1):
500 gramas
ou
Extractos e essências de café - 200 gramas

Chá:
100 gramas
ou
Extractos e essências de chá - 40 gramas

Outras mercadorias:
Os viajantes beneficiam de isenção desde que o valor das mercadorias não exceda 175 euros, montante esse que será reduzido para 90 euros para os menores de 15 anos.
(1)  Os viajantes de idade inferior a 15 anos não beneficiam de qualquer franquia relativamente a estes produtos.
(2)  Os viajantes de idade inferior a 17 anos não beneficiam de qualquer franquia relativamente a estes produtos.

Transporte e circulação de dinheiro
Os viajantes que entrem no território da União Europeia ou dele saiam transportando consigo uma quantia igual ou superior a 10.000 euros, devem declará-la junto das Autoridades aduaneiras, cumprindo assim o que está estipulado no Regulamento (CE) nº 1889/2005, em vigor desde 15 de junho de 2007. Esta imposição tem como objetivo apoiar os esforços da UE para travar a criminalidade e reforçar a segurança, combatendo o branqueamento de dinheiro, o terrorismo e outras práticas criminosas.


Reembolso do IVA (Tax-free)
Reembolso do IVA (Tax-free)

Os visitantes residentes em países que não pertençam à União Europeia, podem obter o reembolso do IVA (Imposto sobre o Valor Acrescentado) sobre as compras efetuadas e transportadas na sua bagagem pessoal. Apenas os particulares podem ter acesso a este reembolso.

Para obter o reembolso, o valor mínimo da compra deverá ser de 49,88 (valor líquido sem IVA), e em função da taxa de IVA aplicada o valor mínimo final da fatura deverá ser o seguinte:
- € 61,35 – Taxa IVA 23% (bens em geral)
- € 57,86 – Taxa IVA 16% (Madeira e Açores)
- € 56,36 – Taxa IVA 13% (Vinhos)
- € 52,87 – Taxa IVA 6% (livros, lentes…) 

Quando efetua as suas compras deve pedir uma declaração na loja, na qual é descriminado o valor pago, os bens adquiridos e o montante que poderá ser reembolsado. O reembolso pode ser obtido em dinheiro nos principais Aeroportos europeus ou centros das principais cidades europeias, ou via cartão de crédito ou cheque internacional, desde que as mercadorias sejam mostradas previamente na alfândega.

Poderá obter mais informações em:
- Premier Tax Free - www.premiertaxfree.com - info@pt.premiertaxfree.com
- Global Refund -
www.globalrefund.com - taxfree@globalrefund.com
- Innova Taxfree Portugal -
http://www.innovataxfree.com/portugal - info@innovataxfree.com

Transportes
Transportes

Transportes aéreos
A situação geográfica privilegiada de Portugal faz com que seja ponto de escala de muitas companhias aéreas estrangeiras nos Aeroportos espalhados por todo o território nacional e localizados em:
Lisboa - Aeroporto da Portela - Tel: 218 413 500
Porto - Aeroporto Dr. Francisco Sá Carneiro - Tel: 229 432 400
Faro - Aeroporto de Faro - Tel. 289 800 800
Madeira - Funchal - Aeroporto do Funchal - Tel: 291 520 700
Açores - Ponta Delgada - Aeroporto João Paulo II - Tel: 296 205 406

A ANA - Aeroportos de Portugal, SA regula o funcionamento dos aeroportos em Portugal, e disponibiliza informações sobre partidas e chegadas em www.ana.pt

As diversas companhias aéreas portuguesas efetuam ligações regulares de âmbito nacional e internacional.
TAP - Air Portugal (www.tap.pt) - a companhia de "bandeira" voa regularmente para mais de 50 destinos internacionais e assegura voos domésticos entre Lisboa, Porto, Faro e as Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores, assim como entre as Ilhas da Madeira e do Porto Santo.
SATA (www.sata.pt) - voos regulares entre todas as ilhas dos Açores, e dos Açores para a Madeira e Portugal continental. A SATA efetua ainda voos regulares para alguns aeroportos internacionais.


Transportes ferroviários
A CP - Comboios de Portugal (www.cp.pt), disponibiliza uma vasta rede de comboios que cobre todo o território continental português, assegurando também ligações internacionais para Vigo, Madrid e Paris.
Existem várias opções, para corresponder as necessidades de cada um:
- os comboios de topo de gama "Alfa Pendular", são a ligação mais rápida e mais confortável entre Lisboa e o Algarve, e para o Norte do país, com o Porto ou Braga parando em Coimbra.
- o serviço "Intercidades" oferece ligações nos eixos Lisboa-Porto-Guimarães, Lisboa-Guarda, Lisboa-Covilhã, Lisboa-Évora-Beja e Lisboa-Faro.
- o Sud-Express e o comboio-hotel Lusitânia asseguram a ligação internacional com partida de Lisboa.
- uma vasta rede de comboios regionais, inter-regionais e suburbanos que asseguram uma vasta cobertura de todo o território nacional.


Transportes rodoviários
Estradas

Portugal possui uma boa rede viária composta de Autoestradas (AE), Itinerários Principais (IP), Itinerários Complementares (IC), Estradas nacionais (EN) e Estradas Municipais.
Existem dois tipos de Autoestradas:
– as tradicionais com cabines de portagens, em que o pagamento é feito em numerário ou por cartão bancário. Estas autoestradas dispõem ainda de uma Via verde, um sistema de teleportagem que permite fazer o pagamento por débito bancário, e que se destina apenas aos possuidores de um identificador de via verde, previamente adquirido nos respetivos pontos de venda (www.viaverde.pt)
- e as de portagens exclusivamente eletrónicas, em que o sistema de cobrança é exclusivamente eletrónico, sendo a passagem dos veículos detetada através dos pórticos existentes no início dessas vias, que estão identificadas com a referência “Electronic toll only”.

Autocarros

Serviços regulares de autocarros ligam todas as cidades, vilas e principais localidades de Portugal.
Para informações detalhadas sobre percursos, horários e preços não deixe de consultar a Rede Nacional de Expressos em www.rede-expressos.pt

Metro
Importante complemento dos transportes públicos tradicionais, o Metro circula nas cidades de Lisboa e do Porto entre as 06h00 e a 01h00.
Mais antigo, o Metro de Lisboa (www.metrolisboa.pt) cobre uma vasta área da cidade, possuindo uma rede que tem vindo a ser ampliada nos últimos anos. Tanto as primeiras Estações como as mais recentes, foram decoradas por painéis de azulejos de artistas plásticos portugueses conceituados, tornando-as verdadeiros museus subterrâneos.
No Porto, o Metro (www.metro-porto.pt) é recente e existem seis linhas - azul, vermelha, verde, amarela, violeta e laranja -, em que grande parte do percurso é feito à superfície.

Táxis
Os táxis são normalmente de cor beige-marfim, e embora continuem a circular alguns veículos pretos com os tejadilhos verdes, as cores tradicionais dos táxis em Portugal.
O preço é indicado no taxímetro, e as tarifas estão afixadas no interior do automóvel ou podem ser solicitadas ao motorista.
A chamada de um táxi através do telefone implica o pagamento de uma taxa de 0,80 Euros, e o transporte de bagagem no porta bagagens, implica um montante adicional de 1,60 Euros, independentemente do número de volumes e do peso. O transporte de berços, carrinhos de bébé e cadeiras de rodas, ou meios auxiliares de locomoção é gratuito.
Fora das localidades o transporte em táxi é pago ao quilómetro, sendo o valor previamente comunicado ao passageiro. As portagens de ida e retorno, caso existam, são pagas pelo cliente.
A gorjeta é voluntária, sendo usual um valor de cerca de 5 a 10% ou o arredondamento do valor a pagar.


  Conduzir
Conduzir

Em Portugal o trânsito processa-se pelo lado direito. Nas praças, cruzamentos e entroncamentos, salvo sinalização em contrário, têm prioridade os veículos que se apresentam pela direita. Nos cruzamentos com rotundas, têm prioridade os veículos que já se encontram a circular no interior. 
Os sinais de trânsito obedecem às normas internacionais.

O uso do cinto de segurança é sempre obrigatório

Documentos obrigatórios: 
- Documento de identificação pessoal 
- Título de condução 
- Certificado de seguro 
- Título de registo de propriedade do veículo ou documento equivalente 
- Documento de identificação do veículo (livrete) ou documentos equivalentes

As multas devem ser pagas no local.

Limites máximos de velocidade para os automóveis ligeiros sem reboque e motociclos: 
  50 km/hora - dentro das localidades 
  90 km/hora - nas vias normais 
100 km/hora - nas vias reservadas a automóveis 
120 km/hora - nas autoestradas.

O Código de Estrada proíbe a utilização de telemóveis durante a condução de veículos, exceto se forem usados dispositivos de alta voz ou o auricular.

Condução para pessoas com deficiência
Em Portugal, as regras de condução relativas a pessoas com deficiência referem-se unicamente à sua aptidão física e mental, podendo resultar em restrições ou adaptações que deverão estar referidas na carta de condução.
Se a pessoa com deficiência for possuidora de carta de condução válida em Portugal, poderá efetuar a condução de veículos, desde que cumpridas as restrições ou adaptações que se adeqúem à situação.
São reconhecidos em Portugal os cartões de estacionamento de modelo comunitário para pessoas com deficiência, emitidos por qualquer um dos Estados-membros. Os lugares reservados para o efeito são indicados através de sinalização. Situações de estacionamento noutros locais são permitidas, em caso de absoluta necessidade, desde que por curtos períodos de tempo e sem prejudicar a normal e livre circulação de peões e de veículos.

Alcoolemia, Níveis máximos de alcoolemia
Em Portugal não é permitido conduzir com uma taxa de alcoolemia igual ou superior a 0,5 gramas por litro. Quem ultrapassar a taxa máxima definida por lei, estará sujeito a coimas, que variam em função do valor da taxa apurada. 
- Uma taxa de alcoolemia entre 0,5 g/l e 0,8 g/l é considerada uma contraordenação grave, que poderá ser punida com a proibição de conduzir por um período de 1 mês a 1 ano, e o pagamento de uma multa de valor entre 250 a 1.250 euros. 
- Uma taxa de alcoolemia entre 0,8 g/l e 1,2 g/l é considerada uma contraordenação muito grave, e implica proibição de conduzir entre 2 meses e 2 anos, e multa de 500 a 2.500 euros. 
- Uma taxa igual ou superior a 1,2 g/l é considerada crime, punível com pena de prisão até 1 ano ou multa até 120 dias, para além da inibição de conduzir por um período de 3 meses a 3 anos.

Aluguer de automóveis
Nos aeroportos, nas estações terminais de transportes internacionais de caminhos de ferro, e nas principais localidades, existem serviços de aluguer de automóveis sem condutor.
Para os condutores com dificuldades de locomoção, ou que o preferirem, é possível o aluguer de veículos com caixa automática ou adaptados. 
Para o aluguer de viaturas é necessário:
- ter entre 21 e 25 anos, consoante as condições de aluguer de cada empresa; 
- apresentar uma identificação (bilhete de identidade para os cidadãos da U.E. ou passaporte válido para as outras nacionalidades); 
- carta de condução válida há mais de um ano.


Telefones Úteis em Portugal
Telefones Úteis em Portugal

Informações úteis sobre Saúde, Polícia, Cartões de Crédito, Telefones, Aeroportos, Transportes, Informação Turística e Outros Serviços.

Número Nacional de Emergência: 112

Saúde
www.portaldasaude.pt/portal 

Açores:
Hospital Divino Espírito Santo em Ponta Delgada : 296 203 000 | http://www.hdes.pt
Hospital de Santo Espirito de Angra do Heroísmo: 295 403 200 | http://www.hseah.org
Hospital da Horta: 292 201 000

 

Aveiro:
Hospital Infante D. Pedro: 234 378 300 | http://www.hidpedro.min-saude.pt 
Cliria - Hospital Privado de Aveiro: 234 400 700 / 808 234 400 | http://www.cliria.pt

Coimbra:
Hospital Universitário de Coimbra: 239 400 400 / 239 400 600  | http://www.huc.min-saude.pt
Hospital Geral de Coimbra (Covões): 239 800 100 | http://www.chc.min-saude.pt 

Évora:
Hospital do Espírito Santo: 266 740 100 / 266 700 357 | http://www.hevora.min-saude.pt 
Hospital da Misericórdia de Évora: 266 760 630  / 266 760 634 | http://www.hmevora.pt

Faro:
Hospital Distrital de Faro: 289 891 100 /  289 802 555 | http://www.hdfaro.min-saude.pt 
Hospital Privado Santa Maria de Faro: 289 892 040 | http://www.hppfaro.pt/pt
Hospital de portimão: 282 450 300  | http://www.chbalgarvio.min-saude.pt
Hospital Particular do Algarve: 282  420 400  | http://www.hpalg.com
Hospital de Lagos: 282 770 100 / 282 770 116  | http://www.chbalgarvio.min-saude.pt 

Leiria:
Hospital de Santo André: 244 817 000 | http://www.chlp.pt
Centro Hospitalar São Francisco: 244 819 300 | http://www.chsf.pt/

Lisboa:
Hospital Santa Maria: 21 780 50 00 / 21 780 51 11 /  21 780 52 22 | http://www.chlc.min-saude.pt 
Hospital São José: 21 884 10 00  |  http://www.chlc.min-saude.pt
Hospital S. Louis: 21 321 65 00 | http://www.hslouis.pt
British Hospital Lisbon XXI: 21 721 34 00  | http://bhlxxi.galileisaude.pt/gpsBH 
Hospital Cuf: 21 392 61 00  / 21 002 52 00  | http://www.hospitalcufinfantesanto.pt
Hospital Cuf Descobertas: 21 002 52 00  | http://www.hospitalcufdescobertas.pt/
Hospital da Luz:  21 710 44 00 | http://www.hospitaldaluz.pt/  
Hospital dos Lusíadas: 21 770 40 40 | http://www.hpplusiadas.pt/pt 
Hospital do SAMS: 21 842 20 00 | http://www.sams.pt 
Hospital de Cascais: 21 482 77 00 | http://www.hppcascais.pt 
Hospital Amadora Sintra: 21 434 82 00 / 21 434 84 44 | http://www.hff.min-saude.pt

Portalegre:
Hospital Doutor José Maria Grande: 245 301 000  | http://www.ulsna.min-saude.pt 
Hospital de Santa Luzia de Elvas: 268 637 600 | http://www.ulsna.min-saude.pt 

Porto:
Hospital São João: 22 551 21 00  | http://www.hsjoao.min-saude.pt 
Hospital Santo António: 22 207 75 00 | http://www.chporto.pt
Hospital Privado da Boavista: 22 206 25 00 | http://www.hppboavista.pt 
Hospital Cuf Porto: 22 003 90 00  http://www.hospitalcufporto.pt
Hospital da Arrábida: 22 377 68 00  | http://www.hospitaldaarrabida.pt

Outras Cidades:
Centro Hospitalar do Funchal (Madeira): 291 705 600 / 291 705 666 | http://www.sesaram.pt/
Hospital Amato Lusitano (Castelo Branco): 272 000 180 / 272 000 272 | http://www.ulscbl.min-saude.pt/
Hospital de Braga: 253 027 000 |  http://www.hospitaldebraga.com.pt/
Hospital Distrital de Bragança: 273 310 800  | http://www.ulsne.min-saude.pt
Hospital Distrital de Santarém: 243 300 200 / 243 300 861| http://www.hds.min-saude.pt 
Hospital Garcia da Horta (Almada): 21 272 71 00 | http://www.hgarciaorta.min-saude.pt    
Hospital José Joaquim Fernandes (Beja): 284 310 200  | http://www.hbeja.min-saude.pt  
Hospital Santa Luzia (Viana do Castelo):258 802 100 | http://www.ulsam.min-saude.pt 
Hospital São Bernardo (Setúbal): 265 549 000 / 265 522 133 | http://www.chs.min-saude.pt
Hospital de Santiago (Setúbal): 265 509 201 | http://www.hospitaldesantiago.pt
Hospital São Teotónio (Viseu): 232 420 500 | http://www.hstviseu.min-saude.pt 
Hospital Sousa Martins (Guarda): 271 200 200 | http://hsmguarda.pai.pt
Hospital São Pedro de Vila Real : 259 300 500 | http://www.chtmad.min-saude.pt

Polícia
PSP- Policia de Segurança Pública: www.psp.pt
GNR- Guarda Nacional Repúblicana: www.gnr.pt 

Coimbra:
PSP / Comando: 239 851 300
GNR Coimbra: 239 794 300
GNR / BT - Brigada de Trânsito: 239 794 400

Faro:
PSP Faro: 289 822 022
PSP Lagos: 282 762 930
GNR Albufeira: 289 590 790
GNR Faro: 289 887 605 / 289 887 603
GNR Vilamoura: 289 388 989 / 289 381 780
GNR / Trânsito: 289 598 730

Funchal:
PSP / Comando: 291208 400
PSP / Aeroporto do Funchal: 291 520 889
PSP Trânsito: 291 208 400
GNR Funchal: 291 214 460

Lisboa:
P.S.P / Comando Metropolitano de Lisboa: 21 765 42 42
Esquadra de Turismo  Lisboa: 21 342 16 23
Esquadra de Turismo  Cascais: 21 486 39 29
GNR de Sintra: 21 924 49 25
GNR / Comando Geral: 21 321 70 00
PSP / Trânsito: 21 750 12 00

Ponta Delgada:
PSP / Comando: 296 282 022
PSP / Aeroporto de Ponta Delgada: 296 205 517
PSP Trânsito: 296 284 327
GNR Ponta Delgada: 296 306 580

Porto:
PSP / Comando Metropolitano do Porto: Tel: 22 209 20 00
Esquadra de Turismo: Tel: 22 208 18 33
GNR / BT -Brigada de Trânsito: Tel: 22 339 96 00

Outras Cidades:
PSP / Comando Aveiro: 234 302 510
PSP / Comando Beja: 284 313 150
PSP / Comando Braga: 253 200 420
PSP / Comando Bragança: 273 303 400 
PSP / Comando Castelo Branco: 272 340 622
PSP / Comando Faro: 289 899 899
PSP / Comando Guarda: 271 222 022
PSP / Comando Leiria: 244 859 859
PSP / Comando Portalegre: 245 300 620
PSP / Comando Setúbal: 265 522 022
PSP / Comando Vila Real: 259 330 240

Cartões de Crédito
American Express: 707 50 40 50 /  21 427 82 05 02
Mastercard: 800 811 272
Visa: 800 811 107

Telefones
PT – Portugal Telecom: 118 (Serviço Informativo Nacional)
Optimus: 16103
TMN: 1696
Vodafone: 16912

Aeroportos
ANA- Aeroportos de Portugal: www.ana.pt
ANA- Aeroportos e Navegação Área da Madeira: www.anam.pt 
Aeroporto de Beja: 284 001 020 
Aeroporto de Faro: 289 800 800
Aeroporto do Funchal: 291 520 700
Aeroporto de Lisboa: 21 841 35 00 / 21 841 37 00
Aeroporto de Ponta Delgada: 296 205 400
Aeroporto do Porto: 22 943 24 00

Transportes
Informações sobre Transportes: www.transpor.pt 
ACP-Automóvel Clube de Portugal:707 509 510 / Web: www.acp.pt 
Brisa-Autoestradas de Portugal:808 508 508 / Web: www.brisa.pt 
CP-Comboios de Portugal:707 210 220 / Web: www.cp.pt 
Sata: 707 227 282  /  Web: www.sata.pt 
Tap-Portugal: 707 205 700 / Web: http://www.flytap.com
Rede-Expressos: 707 223 344 / Web: www.rede-expressos.pt 
Central Nacional de Táxis Digital : 707 277 277
Táxis em Faro: 289 895 790 (RádioTáxis)
Táxis no Funchal: 291 764 476
Táxis em Lisboa: 21 793 27 56
                            21 811 90 00 (RádioTáxis)
                            21 811 11 00 (Teletáxis)
Táxis em Ponta Delgada: 296 302 530
Táxis no Porto: 22 507 39 00 (RádioTáxis)
                         22 507 64 00 (Táxis Invicta)

Outros Serviços
Cruz Vermelha Portuguesa: 21 391 39 33
                                            21 940 49 90 (Urgência)
                                            21 771 40 00 (Hospital)
CTT-Correios: 707 26 26 26
Número Nacional de Proteção à Floresta: 117
Pousadas de Portugal: 21 844 20 01
www.pousadas.pt 

Pousadas da Juventude: 707 20 30 30 (reservas individuais)
                                       707 233 233 (reservas grupos)
                                       www.pousadasjuventude.pt 

SEF-Serviço de Estrangeiros e Fronteira: 808 202 653
www.sef.pt


Portagens eletrónicas
Portagens eletrónicas

 

Existem algumas autoestradas em Portugal em que o sistema de cobrança é exclusivamente eletrónico, isto é, não existem cabines de portagem e a passagem dos veículos é detetada
através dos pórticos existentes no início dessas vias, que estão identificadas no seu início com a referência “Electronic toll only”.

Vias abrangidas

Norte Litoral 
- A27/IP9: Viana do Castelo - Ponte de Lima
- A28/IC1: Viana do Castelo - Porto

AE Transmontana
- A4: Variante Sul de Bragança

Interior Norte
- A24/IP3: Vila Verde da Raia (fronteira) - Viseu

Grande Porto 
- A4: Matosinhos - Águas Santas
- A41/IC24: Perafita/Freixieiro - Sêroa (Oeste)
- A42/IC25: Sêroa (Oeste) - Lousada

Centro (Costa de Prata)
- A17/IC1: Estádio de Aveiro - Mira – Autoestrada do Litoral Centro (entre Mira e Aveiro)
- A25/IP5: Albergaria-a-velha (A1/IP1) - Vilar Formoso (fronteira)
- A29/IC1: Miramar - Angeja

Centro (Beira Interior)
- A23/IP6: Torres Novas - Guarda

Lisboa Região (Pinhal Interior)
- A13/IC3: Atalaia - Tomar

Lisboa Região (Litoral oeste)
- A8/IC36: Variante Sul de Leiria
- A19/IC2: Variante da Batalha

Baixo Tejo
- A33: Belverde-Coina

Algarve (Via do Infante)
- A22: Lagos - Castro Marim

VEÍCULOS DE MATRÍCULA ESTRANGEIRA  (www.portugaltolls.com)   

Toll card 
Cartão associado à  matrícula da viatura e pré-carregado com valores de 5, 10, 20 ou 40 euros, que são consumidos em função da utilização nas portagens exclusivamente eletrónicas.
Locais para aquisição: presencialmente nos Welcome points da Easy Toll (nos postos fronteiriços em EN 13 – Vila Nova de Cerveira, A24 – Chaves, A25 – Vilar Formoso e A22 – Vila Real de Santo António), Estações dos CTT, Áreas de serviço em Portugal e Espanha, Unidades hoteleiras aderentes, Postos de Turismo e na internet em www.ctt.pt  e http://www.portugaltolls.pt 
Após aquisição do cartão, este deverá ser ativado através de SMS por telemóvel com o código impresso no cartão e a matrícula da viatura para que o mesmo seja associado ao veículo.
Validade: 1 ano ou até esgotar o saldo 

Toll service  
- Título pré-pago para veículos ligeiros pronto a utilizar com um custo fixo de 20 euros e utilização ilimitada durante 3 dias ou
- título pré-pago e com viagem previamente definida para os trajetos Espanha-Aeroporto do Porto via A28 ou A41 (ida e volta) ou Espanha-Aeroporto de Faro, via A22 (ida e volta).
Locais para aquisição: presencialmente nos Welcome points da Easy Toll (nos postos fronteiriços na EN 13 – Vila Nova de Cerveira,  Aeroporto do Porto, Aeroporto de Faro, A24 – Chaves, A25 – Vilar Formoso e A22 – Vila Real de Santo António), Estações dos CTT, Áreas de serviço e na internet em www.ctt.pt  e http://www.portugaltolls.pt

Easy toll  
Pagamento automático das portagens eletrónicas associando um cartão de crédito (Mastercard ou Visa) à matrícula do veículo. 
Locais de adesão: Presencialmente nos Welcome Points nos postos fronteiriços em EN13 – Vila Nova de Cerveira, A24-Chaves, A25 – Vilar Formoso e A22 – Vila Real de Santo António.
Forma de adesão: o condutor insere o cartão bancário no terminal de pagamento e o sistema associa automaticamente a matrícula do veículo a esse cartão, sendo as portagens eletrónicas debitadas diretamente na conta bancária. 
Validade: 30 dias a contar da data de adesão, momento em que é emitido um talão comprovativo que deverá ser conservado.
Alterações e informações: O condutor pode alterar matrículas ou cancelar a adesão através do Call Center 707 500 501 (Portugal), +351 212 879 555 (a partir do estrangeiro) ou em www.portugaltolls.com 

Via Verde Visitors   
Dispositivo eletrónico para aluguer temporário com consumo em função da utilização, que tem a vantagem de poder ser utilizado não só nas portagens eletrónicas como também nas autoestradas com portagens tradicionais. O dispositivo é associado a uma conta bancária, na qual são debitados automaticamente os custos de cada passagem.  
Custo: 6 euros de aluguer na primeira semana e 1,50 euros por cada semana seguinte + 27,50 euros de caução (que serão reembolsados no momento de devolução do dispositivo, em boas condições).
Validade: 90 dias, prorrogável.
Onde alugar: www.viaverde.pt, Lojas Via Verde e Áreas de Serviço.

VEÍCULOS DE MATRÍCULA PORTUGUESA   

Veículos em regime de aluguer sem condutor
Se alugar um automóvel, informe-se junto da empresa quanto à forma de pagamento das portagens eletrónicas, uma vez que algumas empresas de aluguer de veículos sem condutor para comodidade dos seus clientes instalaram dispositivos eletrónicos para pagamento de portagens nas suas viaturas, repercutindo esses custos nos valores a cobrar.
Se os veículos não tiverem dispositivo instalado são normalmente os clientes a efetuar o pós-pagamento nas Estações de Correio.

Pós-pagamento: (apenas para veículos de matrícula portuguesa)
Se o veículo não possuir nenhum dispositivo eletrónico quando circular sob o pórtico de cobrança, a imagem da matrícula desse veículo será recolhida e ficará armazenada, até que o pagamento da portagem seja efectuado. 

Prazo de Pagamento: o pagamento pode ser efetuado a partir do 2º dia após a passagem na portagem e durante um período de 5 dias úteis nos balcões dos CTT ou das Lojas pertencentes à Rede Payshop. 
Custos: valor da portagem + custos administrativos (no valor de 25 cêntimos por cada taxa de portagem em dívida, até um limite máximo de 2 euros por cada ato de pagamento) 
Nota: Depois de terminado o prazo de pagamento, o condutor incorrerá numa situação de infração e ser-lhe-ão debitadas coimas acrescidas de custos administrativos. 

Dispositivos eletrónicos

Para que os veículos possam circular nas vias acima referidas devem possuir um dispositivo eletrónico que deverá ser previamente adquirido ou alugado numa Área de Serviço na 
autoestrada ou numa Estação de Correios. A cobrança das portagens pode ser efetuada através dos seguintes dispositivos:

Dispositivo eletrónico de matrícula (DEM) – está associado à matrícula do veículo e não pode ser transmitido de veículo para veículo. 
Obtenção: Aquisição nas áreas de serviço das autoestradas ou em outros locais como as Estações de Correios e as lojas da Via Verde Portugal.
Custos: Aquisição 27,50 euros + carregamento mínimo de 10 euros para veículos ligeiros e de 20 euros para veículos pesados.
Validade: válido durante 90 dias a contar da data em que foi efetuado o último carregamento. Após esse período o saldo restante será perdido e o dispositivo fica desativado. Para voltar a ativar o dispositivo será necessário efetuar um carregamento no valor mínimo de 10 euros.

Dispositivo temporário (DT) – é o mais indicado para estadias curtas, e consequentemente para veículos de matrícula estrangeira; como não está associado à matrícula garante o anonimato do utilizador. 
Obtenção: Contrato de locação com as Entidades de cobrança de portagens nas áreas de serviço das autoestradas ou em outros locais como as Estações de Correios e as lojas da Via Verde Portugal. 
Custos: Caução de 27,50 euros (que será devolvida aquando da entrega do dispositivo em boas condições, dentro de um prazo máximo de 30 dias) + carregamento mínimo de 10 euros para veículos ligeiros e 20 euros para veículos pesados. O aluguer tem um custo de 6 euros na primeira semana, e nas semanas seguintes de 1,50 euros por semana.
Validade: válido durante 90 dias a contar da data em que foi efetuado o último carregamento. Após esse período o saldo restante será perdido e o dispositivo fica desativado. Para voltar a ativar o dispositivo será necessário efetuar um carregamento no valor mínimo de 10 euros.

Dispositivo de uma entidade de cobrança de Portagens (DECP) como por exemplo da Via Verde, também é aceite nestas vias. Embora não estando associado à matrícula do veículo, é necessário estabelecer um contrato formal com uma entidade de cobrança de portagens e pode ser usado por veículos com matrícula estrangeira em caso de estadia longa em Portugal.
Obtenção:   Lojas da Via Verde Portugal (www.viaverde.pt )
Custos: 27,50 euros + débito directo em conta bancária do valor de cada portagem utilizada pelo veículo.
Validade: até cancelamento do contrato.

Mais informações em:

www.portugaltolls.com
CTT -  Tel: (+351) 707 26 26 26 ou http://portagens.ctt.pt
SIEV - http://www.siev.pt 
Estradas de Portugal - http://www.estradas.pt/portagensfaq 


Acessibilidade em Portugal
Acessibilidade em Portugal

Ao planear a sua viagem, poderá encontrar aqui informações e conselhos sobre o acesso, a assistência e transportes acessíveis na sua viagem e estadia em Portugal. Antes de viajar, sugerimos que obtenha previamente informação pormenorizada relativamente aos serviços que irá utilizar.

ALOJAMENTO
Em Portugal, a oferta hoteleira disponibiliza quartos adaptados a pessoas com necessidades especiais, existindo igualmente unidades hoteleiras que apostam na disponibilização de serviços e alojamentos totalmente adaptados. No entanto, será aconselhável um contacto direto com o estabelecimento hoteleiro para informações sobre o tipo de equipamento disponível. No www.visitportugal.com, as unidades hoteleiras que são acessíveis a pessoas com mobilidade reduzida possuem a indicação de “Acesso para deficientes” nas suas Características e Serviços.

MEIOS DE TRANSPORTE
Transportes públicos
Os transportes públicos têm, por norma, lugares reservados para pessoas com necessidades especiais, embora nem todos sejam acessíveis para utilizadores de cadeiras de rodas.

Em Lisboa, a Carris disponibiliza o Serviço Mobilidade Reduzida nas carreiras do Serviço Público Regular. A maior parte dos autocarros dispõe de piso rebaixado entre as portas de entrada e saída, cerca de metade está equipada com condições de acessibilidade total para Passageiros de Mobilidade Reduzida, tem espaço para cadeira de rodas, espaldares e rampa de acesso. Mais informações em www.carris.pt/pt/mobilidade-reduzida.

No Porto, a STCP dispõe de uma frota de autocarros urbanos acessíveis e disponibiliza autocarros equipados com rampa e lugar reservado para cadeiras de rodas. Todos têm piso rebaixado e permitem que um carrinho de bebé possa viajar aberto. Mais informações em www.stcp.pt/pt/viajar/acessibilidade/rede-de-acesso-facil/ 

Metro de Lisboa e Porto
O Metro de Lisboa possui estações com acessibilidade plena a clientes de mobilidade reduzida. Os invisuais podem viajar acompanhados dos seus cães, desde que estes usem coleira e açaime. 
Contactos: Tel. + 351 213 500 115 / relacoes.publicas@metrolisboa.pt / www.metrolisboa.pt/informacao/acessibilidade

O Metro do Porto é totalmente acessível a pessoas com mobilidade reduzida.
Contactos: Tel. +351 225 081 000 / metro@metro-porto.ptwww.metrodoporto.pt 

Aeroportos
Todos os aeroportos portugueses têm instalações sanitárias adaptadas e transfers para pessoas com necessidades especiais. Sempre que requisitado, poderá ainda ser disponibilizado o MyWay, serviço personalizado de assistência a passageiros com mobilidade reduzida que viajem num estado membro da UE. Inclui meios mecânicos facilitadores da mobilidade, escadas e tapetes rolantes, elevadores, sinalização e orientação adequadas, bem como profissionais capacitados para o efeito, que asseguram total assistência. 
Mais informações em www.ana.pt 

Barcos
A Transtejo e a Soflusa, que asseguram a travessia do Rio Tejo entre Lisboa e a margem sul, disponibilizam algumas embarcações preparadas com equipamentos para receber pessoas com necessidades especiais. Para mais informações, contactar + 351 210 422 411 / 808 20 30 50

Comboios
A CP-Comboios de Portugal disponibiliza o SIM - Serviço Integrado de Mobilidade, contactável através do tel. + 351 808 208 746 e disponível nos dias úteis, das 07h00 às 18h00. Através deste serviço o Cliente com Necessidades Especiais poderá obter informações sobre a acessibilidade dos comboios e nas estações, o serviço de assistência no embarque, em viagem e no desembarque, entre outros serviços. 

A Fertagus, que serve a Área Metropolitana de Lisboa, possui carruagens preparadas para a utilização de utentes em cadeiras de rodas. A maioria das estações ferroviárias possibilita o acesso às plataformas de embarque através de elevadores e/ou rampas. Contacto: tel. +351 707 127 127. 

Táxis
Existem táxis adaptados às necessidades de quem possui mobilidade reduzida nas cidades de Lisboa, Faro e Porto, entre outras. Os novos táxis adaptados ao transporte de pessoas com mobilidade reduzida estão equipados com plataformas de embarque, cintos de segurança adaptados, dispositivos para fixação de cadeiras de rodas ou uma porta com ângulo de abertura superior. Estes táxis estão presentes nos pontos de táxis dos aeroportos e/ou mediante solicitação às centrais de táxis. Ver contactos em www.antral.pt/contactos.

CONDUÇÃO
Se a pessoa com algum tipo de incapacidade motora, sensorial ou intelectual for possuidora de carta de condução válida em Portugal, poderá efetuar a condução de veículos, desde que cumpridas as restrições ou adaptações que se adequem à situação.
São reconhecidos em Portugal os cartões de estacionamento de modelo comunitário para pessoas com algum tipo de incapacidade emitidos por qualquer um dos Estados-membros. Os lugares reservados para o efeito são indicados através de sinalização. Situações de estacionamento noutros locais são permitidas, em caso de absoluta necessidade, desde que por curtos períodos de tempo e sem prejudicar a normal e livre circulação de peões e de veículos.

PRAIA ACESSÍVEL
74 zonas balneares – marítimas e fluviais – são acessíveis a pessoas com mobilidade condicionada. Estas praias estão identificadas com uma bandeira branca que inclui o respetivo símbolo e possuem estacionamento reservado, acesso pedonal, passadeiras no areal e sanitários adaptados. Algumas praias disponibilizam também equipamentos que facilitam o acesso à água, possibilitando assim os banhos de mar a pessoas com dificuldade em movimentar-se embora seja sempre necessário o auxílio de outra pessoa.

Sobre questões de acessibilidade em Portugal, consultar:

Portugal Acessível / Associação Salvador
Av. Fontes Pereira de Melo 14, 9º 1050-121 Lisboa
Tel: +351 21 318 48 51 - Fax: +351 21 357 22 60
www.portugalacessivel.com - info@portugalacessivel.com

Para mais informações, contactar info.visit@turismodeportugal.pt.


Alojamento
Alojamento

Hotelaria
A vasta oferta de estabelecimentos hoteleiros existente em todo o país, proporciona alojamento, com ou sem fornecimento de refeições e outros serviços acessórios, tendo a seguinte classificação:

HOTÉIS (H) - a oferta de hotéis é diversificada e apresenta um grande número de unidades que, atendendo à localização e à qualidade das instalações, são classificadas de 1 a 5 estrelas;
HOTÉIS-APARTAMENTOS (HA) - classificados de 1 a 5 estrelas, são a opção ideal para quem procura maior independência, sem deixar de usufruir de todos os serviços de um Hotel;
POUSADAS - instaladas em edifícios históricos ou em locais de grande beleza natural, estão classificadas em 4 categorias: Histórica, Histórica Design, Natureza e Charme.

Aldeamentos Turísticos (A)
Classificados de3 a 5 estrelas, os aldeamentos turísticos são constituídos por unidades interdependentes situadas num espaço territorial delimitado, onde também se concentram serviços de apoio ao turista.

Apartamentos Turísticos (AT)
Classificados de 3 a 5 estrelas, são a opção ideal para quem prefere uma unidade de alojamento autónomo com acesso a espaços e serviços partilhados.

Conjuntos Turísticos / Resorts (CT)
Os Resorts são uma boa escolha para quem gosta de ter vários serviços e equipamentos de lazer disponíveis num mesmo espaço e acesso a diferentes opções de alojamento, seja um hotel de 4 ou 5 estrelas ou outro tipo de empreendimento turístico.

Turismo de Habitação (TH)
Quem prefere um acolhimento de natureza familiar, pode optar por ficar em solares, casas apalaçadas ou residências de reconhecido valor arquitetónico, histórico ou artístico, seja num ambiente rural ou urbano.

Turismo no Espaço Rural (TER) 
Caracterizado por um acolhimento em casas rústicas, com características próprias do meio rural em que se inserem, o Turismo no Espaço Rural permite um contacto mais direto com as populações, os seus usos e costumes e com a própria Natureza. Estas unidades de alojamento podem estar classificadas como:

CASAS DE CAMPO (CC) - estão situadas em aldeias e espaços rurais e mantêm a traça, materiais de construção e outras características da arquitetura local;
AGROTURISMO (AG) - são unidades integradas numa exploração rural, onde os turistas podem participar nos trabalhos agrícolas, se assim o desejarem;
HOTÉIS RURAIS (HR) - classificados de 3 a 5 estrelas, estão inseridos em zonas rurais, respeitando o traçado e as características arquitetónicas da região onde se situam.

Campismo
Espalhados de norte a sul do país, os Parques de Campismo possibilitam o contacto direto com a Natureza. Podem ser considerados públicos, se permitirem o acesso ao público em geral, ou privativos, no caso de terem o acesso reservado a associados ou beneficiários da entidade exploradora. Estes últimos estão identificados com a letra "P", devendo ser sempre confirmada a possibilidade de ingresso. De acordo com as infraestruturas e os serviços disponibilizados, os Parques de Campismo podem obter uma classificação de 3 a 5 estrelas, que não é obrigatória.

Turismo de Natureza
Sempre que um empreendimento turístico estiver situado numa área de natureza protegida ou classificada com valor natural é integrado na prática de Turismo de Natureza, reconhecida pelo Instituto de Conservação da Natureza e Florestas. Neste caso, devem disponibilizar equipamentos e serviços que possibilitem o usufruto e a interpretação da natureza.

Pousadas da Juventude
As Pousadas da Juventude ficam perto da praia, no campo ou nas principais cidades do país e oferecem alojamento a preços convidativos. Destinam-se sobretudo a pessoas com espírito jovem que gostem de conviver e partilhar o espaço, embora algumas Pousadas da Juventude disponibilizem também quartos duplos ou familiares, mais reservados. Algumas unidades oferecem também serviço de refeições.
A apresentação do Cartão de Alberguista ou do Cartão Jovem é obrigatória.


Comunicações
Comunicações

Telefones 
Nas cabinas telefónicas públicas podem-se utilizar moedas ou cartões específicos que estão à venda nas lojas MEO, nas Estações de Correio e em alguns quiosques e tabacarias (assinalados no local). 
Todos os números de telefone em Portugal são compostos por nove dígitos. Para ligar do estrangeiro para Portugal, é necessário marcar o indicativo internacional 00 e o indicativo de país 351. 
Para telefonar de Portugal para o estrangeiro, marque 00, o código do país e da cidade, seguido do número pretendido. Os indicativos dos diversos países estão expostos nas cabinas telefónicas publicas.

Telemóveis 
Portugal é um dos países com maior número de utilizadores de telemóveis. 
As três redes que asseguram este serviço - MEO, Vodafone e Optimus –  mantêm acordos de roaming com a maioria das companhias internacionais, e providenciam uma boa cobertura a nível nacional.
O Código de Estrada proíbe a utilização de telemóveis durante a condução de veículos, exceto se forem usados dispositivos de alta voz ou o auricular, estando previstas sanções em caso de infração.

Internet
Mediante pagamento, o acesso à internet é disponibilizado em alguns cafés e em numerosas Estações de Correio que possuem o serviço Netpost . 
Em diversos Hotéis e espaços públicos como Aeroportos, Salas de Congressos, Restaurantes, Áreas de Serviço e Centros Comerciais, existem zonas "wireless" ou "wi-fi" devidamente assinaladas, onde é possível aceder à internet sem fios.


Serviços
Serviços

Bancos
Os Bancos estão abertos ao público entre as 8h30 e as 15h, nos cinco dias úteis da semana. 
Existe uma rede nacional de ATMs , identificada por MB (Multibanco), que permite o levantamento de numerário, 24 horas por dia.

Correios
Na generalidade, as Estações de Correio encontram-se abertas de 2ª a 6ª feira, das 9h às 18h. As estações centrais e dos aeroportos têm horários mais alargados, podendo estar abertas aos sábados e em alguns casos também aos domingos. 
Os selos vendem-se nas Estações de Correio e nas máquinas existentes nas ruas. 
Muitas Estações de Correio disponibilizam o serviço Netpost que mediante pagamento, permite o acesso ao E-mail pessoal e à internet.. 
Poderá obter informações mais pormenorizadas sobre horários e serviços disponíveis em cada Estação em www.ctt.pt 

Farmácias
Na generalidade, as Farmácias estão abertas ao público nos dias úteis entre as 9h e as 19h (algumas encerram para almoço entre as 13h e as 15h), e aos sábados das 9h às 13h, encontrando-se assinaladas por uma cruz verde iluminada, quando de serviço durante a noite.
Todas têm afixada na porta informação acerca das Farmácias que se encontram abertas à noite e estão mais próximas.

Lojas
Tradicionalmente as Lojas funcionam de 2ª a 6ª feira, abrindo as suas portas entre as 9h e as 10h, e encerram às 19h. Algumas fazem uma pausa à hora de almoço, das 13h ás 15h. Aos sábados, de janeiro a novembro, o comércio encerra na generalidade às 13h, embora algumas lojas situadas no centro das cidades se mantenham abertas durante a tarde. 
No mês de dezembro, para facilitar as compras de Natal, o comércio funciona ao sábado à tarde, e em alguns casos também ao domingo. 
Os numerosos Centros Comerciais, que existem dentro e fora das cidades, possuem um horário de funcionamento mais alargado - habitualmente das 10h às 24h, todos os dias da semana. Aqui, encontram-se lojas das principais marcas internacionais, mas o comércio mais tradicional, com produtos portugueses, está espalhado pelas ruas das localidades, sobretudo nos bairros antigos.


Fumar em locais públicos
Fumar em locais públicos

Desde 1 de janeiro de 2008 é proibido fumar em recintos públicos fechados em Portugal. 

Esta proibição abrange todos os edifícios da administração pública, locais de trabalho, transportes públicos, estabelecimentos onde sejam prestados cuidados de saúde, laboratórios e farmácias, estabelecimentos de ensino, zonas fechadas das instalações desportivas, museus, estabelecimentos de venda de alimentos e bebidas, parques de estacionamento cobertos, salas de espetáculos, bibliotecas, estabelecimentos hoteleiros, áreas de serviço e postos de abastecimento de combustíveis.

Os restaurantes, bares e discotecas com uma área superior a 100 m2 devem identificar áreas reservadas para fumadores, com ventilação adequada e cuja dimensão não deverá ser superior a 30% da área total. 

Os proprietários de restaurantes, bares e discotecas com uma área inferior a 100 m2 podem optar por serem um espaço para fumadores ou para não fumadores, e devem expor claramente essa informação de modo a ser vista do exterior do edifício. Estes espaços deverão ser bem ventilados.

Sanções por infração:
- De €50 a €750 euros para os fumadores que não respeitem as interdições.
- De €50 a €1.000 para os proprietários dos estabelecimentos privados; 
- De €2.500 a €10.000, de €10.000 a €30.000 ou de €30.000 a €250.000 consoante a infração para pessoas coletivas, sociedades ou associações, órgãos diretivos ou dirigentes máximos dos organismos, estabelecimentos ou serviços da administração pública que violem o disposto.


Hora legal
Hora legal

No período em que vigora a hora de inverno, ou seja entre a 1 hora do último domingo de outubro e a 1 hora do último domingo de março, a hora legal em Portugal continental e Madeira coincide com o Tempo Universal Coordenado.

No resto do ano, entre a 1 hora do último domingo de março e a 1 hora do último domingo de outubro seguinte, vigora a hora de verão, e a hora legal em Portugal continental e Madeira coincide com o Tempo Universal Coordenado, aumentado de sessenta minutos.

No arquipélago dos Açores, a hora legal diminui sessenta minutos em relação ao restante território de Portugal, sendo assim menos uma hora que o tempo universal coordenado durante o período em que vigora a hora de inverno e menos duas horas durante o horário de verão.


Dinheiro
Dinheiro

Moeda
Portugal faz parte do grupo de 17 países da União Europeia, em que o Euro é a moeda oficial e comum a todos. 
1 Euro divide-se em 100 Cêntimos. Para as novas moedas definiram-se oito valores faciais: 1, 2, 5, 10, 20 e 50 Cêntimos e 1 e 2 Euros. As notas distinguem-se pela sua dimensão e cor e têm os seguintes valores: 5, 10, 20, 50, 100, 200 e 500 Euros. 
As moedas têm numa das faces desenhos comuns (face europeia) enquanto a outra face tem um símbolo nacional, sendo que todas as moedas de Euro podem ser utilizadas em todos os países aderentes, independentemente da sua face nacional.

Câmbios
O câmbio da moeda é efetuado nos bancos, que estão abertos ao público das 08h30m às 15h00m, durante os 5 dias úteis da semana, nas casas de câmbio e máquinas automáticas (disponíveis apenas para operações de venda de divisas).

Multibanco
Existe uma rede nacional de Caixas automáticas, identificada por MB (Multibanco), que permite o levantamento de numerário, 24 horas por dia.

Cartões de crédito
Em Portugal, os cartões de crédito mais utilizados são: Visa; American Express; Diners Club; Europay/Mastercard; JCB; Maestro. 
No caso de extravio ou roubo do seu cartão Visa ou Mastercard, poderá pedir ajuda através dos seguintes telefones: 
- Visa: Tel. 800 811 107 
- Mastercard: Tel. 800 811 272

Gorjetas
O serviço está incluído na conta dos Restaurantes, no entanto é habitual deixar uma gorjeta de cerca de 5 a 10 % sobre o preço total da refeição.
Nos táxis é também habitual dar uma gorjeta de 5-10%, que normalmente se traduz no arredondamento do valor a pagar.


Refeições
Refeições

Em regra geral, os Portugueses fazem três refeições por dia. De manhã, entre as 7h30 e as 10h, um pequeno-almoço leve, normalmente constituído por uma bebida ( café com leite, café simples ou sumo) e uma torrada ou sanduíche, é muitas vezes consumido no café ou pastelaria de bairro.

As principais refeições são o almoço, entre as 12h e as 14h30, que durante a semana e para muitos tem lugar em restaurantes próximos do local de trabalho, e o jantar entre as 19h30 e as 22h30.

Para grande parte das pessoas são refeições completas, que incluem por vezes sopa, um prato principal e a sobremesa (doce ou fruta). Entre as duas refeições é comum fazer-se um lanche a meio da tarde (por volta das 17h), tomando uma bebida e um bolo.

Em Portugal comer fora é um hábito comum. Almoçar ou jantar, sobretudo ao fim de semana, é sempre pretexto para encontros de amigos ou para passeios pelo país.

A variedade de restaurantes é grande e atende aos mais diversos gostos e paladares. Normalmente abertos para almoço entre as 12h e as 15h e jantar entre as 19h e as 22h, muitos possuem horários de funcionamento mais alargado, sobretudo nas grandes cidades e zonas de maior animação noturna.

À exceção dos restaurantes localizados em centros comerciais que estão abertos diariamente, os restantes têm normalmente um dia de descanso semanal, que no centro das cidades pode coincidir com o fim de semana.


Saúde
Saúde

Se necessitar de assistência médica recorra ao Centro de Saúde local.
Os Serviços de Urgência dos Hospitais devem ser utilizados apenas em situações graves (traumatismos sérios, intoxicações, queimaduras, enfartes, tromboses, problemas respiratórios, etc.).

Em caso de acidente ou doença durante a sua visita a Portugal, os cidadãos dos 27 países da União Europeia, Islândia, Liechtenstein, Noruega ou Suíça, têm acesso a cuidados de saúde gratuitos ou com custos moderados (os mesmos benefícios dos cidadãos portugueses), desde que apresentem o Cartão Europeu de Seguro de Doença (emitido no país de origem) e o seu passaporte ou documento de identificação.


Equivalência de pesos e medidas
Equivalência de pesos e medidas

1 cm = 0,39 polegadas
1 metro = 3,28 pés / 1.09 jardas
1 km = 0,62 milhas
1 litro = 0,26 galões (USA) / 0,22 galões (UK)
1 polegada = 2,54 cm
1 pé = 0,39 metros
1 jarda = 0,91 metros
1 milha = 1,60 km
1 galão (USA) = 3,78 litros
1 galão (UK) = 4,54 litros


Eletricidade
Eletricidade

A corrente elétrica em Portugal é de 230/400 volts, na frequência de 50 hertz, e as tomadas de corrente seguem as normas europeias.
A utilização de fichas de lâmina (padrão americano) deve ser conjugada com um transformador para 230 volts e, ainda, uma ficha adaptadora.


Feriados e Férias Escolares
Feriados e Férias Escolares

Feriados Nacionais:
Dia de Ano Novo- 1 de janeiro 
Dia da Liberdade - 25 de abril 
Dia do Trabalhador - 1 de maio 
Dia de Portugal - 10 de junho 
Assunção de Nossa Senhora - 15 de agosto 
Imaculada Conceição - 8 de dezembro 
Natal - 25 de dezembro 

Feriados Nacionais em data móvel
Sexta-feira Santa 

Férias Escolares
No ano letivo de 2013/14 as férias escolares terão lugar nos seguintes períodos: 
- Férias de Natal - de 18 de dezembro de 2013 a 3 de janeiro de 2014
- Férias de Carnaval - de 3 a 5 de março de 2014 
- Férias da Páscoa - de 7 a 21 de abril de 2014
- Férias de verão - do final de junho a meados de setembro


Custo de Vida
Custo de Vida

Antes de viajar, consulte os preços médios indicativos de alguns produtos e serviços e tenha uma ideia do custo de vida em Portugal.

Comida e bebida
Os preços são variáveis e dependem do tipo de estabelecimento escolhido e de estar ou não implícito um serviço de mesa ou esplanada, pelo que os valores apresentados são meramente indicativos. 
O café expresso, tão apreciado pelos portugueses e popularmente designado por “bica”, custa cerca de 60 a 70 cêntimos ao balcão num café tradicional. Um galão (copo de café com leite) pode custar entre 0,70 e 1,20 euros e um chá cerca de 1 a 1,50 euros. Um sumo de laranja natural custa cerca de 2,50 euros e uma cerveja ou uma cola entre 1,00 a 1,50 euros.
Uma sanduíche de queijo ou fiambre custa entre 1,50 a 2,50 euros e uma torrada ou um bolo não custarão mais de dois euros.  
Se fizer uma refeição completa poderá gastar cerca de 8 a 11 euros por pessoa num snack-bar, entre 13 a 20 euros se optar por um restaurante de 2ª classe e cerca de 30 a 50 euros num restaurante de 1ª classe ou numa casa de fados.

Cultura
O bilhete de entrada num Museu, Monumento nacional ou numa exposição pode custar entre um euro e meio e oito euros e meio.
Um bilhete de cinema custa cerca de 6,50 euros. No teatro, os bilhetes podem variar entre 10 e 30 euros e para Concertos, espetáculos de Ópera ou de Ballet os custos podem oscilar entre 10 e 75 euros. 
Para assistir a corridas de touros, cuja temporada decorre entre o Domingo de Páscoa e o dia de Todos os Santos, os bilhetes podem variar entre os 15 e os 75 euros, dependendo da praça de touros e dos participantes.

Transportes

Comboios
A viagem entre Lisboa e Porto no comboio Alfa Pendular (o mais rápido e confortável) pode custar de 30,30 a 42,40 euros (dependendo do tipo de carruagem escolhida) e no comboio Intercidades varia entre 24,30 e 35,90 euros.
De Lisboa para Faro o bilhete pode custar entre 22,20 e 29,80 euros no comboio Alfa Pendular e entre 21,20 e 27,80 euros no comboio Intercidades.
Para visitar as atrações nos arredores da capital os bilhetes entre Cais do Sodré e Belém ou Rossio e Queluz-Belas custam 1,55 Euros, de Alcântara ao Oriente custam 1,80 Euros e de Lisboa para Sintra ou para Cascais 2,15 Euros.
www.cp.pt 

Autocarros expresso
Existem ligações regulares entre as principais cidades portuguesas. A viagem entre Lisboa e Porto poderá custar cerca de 20 euros, de Lisboa para Faro 20 euros, de Faro para o Porto 31 euros e de Lisboa para Coimbra 14,50 euros.
www.rede-expressos.pt 

Táxis  
No serviço urbano, a bandeirada (preço inicial) durante o dia custa 3,25 euros e no período noturno, fim de semana e feriados é de 3,90 euros. Estes valores são acrescidos de frações de percurso e tempo. 
A chamada através de Rádio Táxi representa um custo adicional de 0,80 euros e o transporte de bagagem que implique a utilização de tejadilho ou porta-bagagens um suplemento de 1,60 euros.
No transporte fora das cidades o serviço é pago ao quilómetro, sendo também contabilizados os custos de retorno do veículo, quer o passageiro faça a viagem de regresso ou não. Normalmente o preço é informado logo no início da viagem.

Transportes urbanos

Lisboa  
O "Lisboa card" permite a utilização dos transportes públicos da cidade e comboios que ligam Lisboa a Sintra e a Cascais e oferece ainda entradas gratuitas e descontos em Monumentos, Museus ou circuitos turísticos. Os preços são 18,50 euros para 24 horas, 31,50 euros para 48 horas e 39,00 euros para 72 horas. Os preços para crianças entre os 5 e os 11 anos são de 11,50 euros para 24 horas, 17,50 euros para 48 horas e de 20,50 euros para 72 horas.
www.askmelisboa.com 
Carris - A tarifa de bordo nos autocarros é de 1,80 euros e nos elétricos de 2,85 euros. 
www.carris.pt 
O bilhete de Metro simples custa 1,40 euros. (www.metrolisboa.pt)
O Cartão "Sete Colinas" que se vende nos quiosques da Carris e do Metro por 0,50 euros poderá ser carregado com bilhetes simples, ou com bilhetes combinados para as redes da Carris e Metro que custam 6,00 euros para um dia.

Porto
O "Porto Card" permite a utilização ilimitada dos transportes da cidade e oferece entradas gratuitas ou descontos nos bilhetes de diversos monumentos e museus, bem como em salas de espetáculos, cruzeiros no Rio Douro, circuitos turísticos, restaurantes e lojas tradicionais. O cartão está disponível em quatro modalidades e custa 5,00 euros para um dia pedonal, 10,50 euros para um dia geral, 17,50 para dois dias e 21,50 euros para três dias. 
http://short.visitporto.travel/portocard 
A tarifa de bordo nos autocarros é de 1,80 euros e o bilhete simples de Metro custa 1,70 euros. Os bilhetes combinados para autocarro, metro e comboio dentro da área urbana do Porto (Andante) custam 7 euros para um dia e 15 euros para 3 dias. 
www.stcp.pt 
www.metrodoporto.pt 

Combustíveis 
Os preços são livres e variam de acordo com o custo do barril do petróleo nos mercados internacionais. Neste momento (2013/02/05) a gasolina custa cerca de 1,60 euros/litro, o gasóleo 1,47 euros/litro e o GPL 0,80 euros/litro.
www.precoscombustiveis.dgeg.pt 


Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Eventos Eventos
Ver mais
Festas da Semana Santa
Festas da Semana Santa
Assista à Semana Santa na antiquíssima cidade de Braga, na região do Porto e (...)
Pesquisa avançada
Planeamento Veja os conteúdos que selecionou e crie o seu Plano ou a sua Brochura.
Esqueceu a sua password?
Faça login através de redes sociais
*Aguarde por favor. *Instruções de recuperação de password enviadas com sucesso para o seu e-mail. *E-mail não enviado. Tente novamente.
Faça login através de redes sociais