www.visitportugal.com

Monsaraz

Encosta norte
Local: Monsaraz
Foto: AR Turismo do Alentejo
Foto: AR Turismo do Alentejo

De origem medieval, Monsaraz conseguiu manter as suas características ao longo dos séculos. Um passeio na vila é uma viagem no tempo, pois é um local único onde ainda se consegue encontrar a paz e a tranquilidade.

O Castelo, do séc. XII, destaca-se num dos extremos, mas dentro das muralhas encontram-se outros pontos de interesse, como a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Lagoa e o Museu do Fresco, instalado no edifício dos Antigos Paços de Audiência. Percorrendo as ruas da antiga judiaria, poderá visitar a Casa da Inquisição, um Centro Interativo da História Judaica.

A vila de casas brancas e xisto anima-se durante o mês de julho, de dois em dois anos,  no evento "Monsaraz Museu Aberto". É uma boa oportunidade para conhecer os hábitos e costumes alentejanos no artesanato, na gastronomia e nos vários espetáculos culturais que aí têm lugar, incluindo a música, o teatro, a dança e exposições de artes plásticas.

A história da cidade de Reguengos, confunde-se com a de Monsaraz ao longo da história, uma vez que os limites do concelho foram os mesmos até 1838. No centro histórico, pode-se visitar a Igreja matriz, do séc. XIX, em estilo neogótico, onde se destaca a combinação entre o branco da cal e o granito.

Faça o itinerário pelos monumentos megalíticos, neste território com vestígios de ocupação há mais de 6000 anos. Perto de Monsaraz, em frente ao Convento da Orada, o Cromeleque do Xerez, de curioso formato quadrado é um dos monumentos mais singulares da região. De referir ainda, entre outros, o Complexo dos Perdigões, a Rocha dos Namorados ou o Menir da Abelhoa.

Do alto de Monsaraz, avista-se o grande Lago do Alqueva na larga planície alentejana. A região foi a primeira a ser reconhecida internacionalmente como um local privilegiado para a observação do céu noturno, pela baixa poluição luminosa e pelo número de noites com céu limpo. Nos observatórios DarkSky Alqueva e OLA, usufrua de visitas guiadas pelo céu estrelado e do programa de atividades dedicadas à família.

Numa das margens, a praia fluvial de Monsaraz, com Bandeira Azul e serviços para pessoas com mobilidade condicionada, é um espaço de lazer muito apreciado nos dias mais quentes. O Centro Náutico de Monsaraz inclui ainda um ancoradouro para embarcações e a possibilidade de fazer passeios de barco na albufeira.



Vale a pena conhecer o artesanato local, em que se destacam as peças de olaria, sendo a aldeia de São Pedro do Corval um dos centros de produção mais importantes, graças à existência de depósitos de argila na região.



Saborear os pratos tradicionais da região irá completar a visita. A não perder a Açorda alentejana e as Migas, que podem ser de espargos bravos com ovos ou de porco, o  ensopado de borrego ou os pratos de caça confecionados com coelho, lebre, perdiz ou javali.

Reguengos é também conhecido pela produção de vinho e pertence à Região Demarcada do Alentejo. Os solos graníticos e xistosos, por um lado, e o clima quente, por outro, são propícios ao cultivo da vinha e à produção vinícola de qualidade.


Planeamento Veja os favoritos que selecionou e crie o seu Plano de Viagem ou a sua Brochura.
Faça login através de redes sociais
Faça login através de redes sociais