www.visitportugal.com

Rout-E: descobrir Portugal de mota elétrica

Rout-e 
Local: Marialva
Foto: Rose&Lemon Prod
Foto: Rose&Lemon Prod

Hoje em dia, é incontornável pensar em mobilidade sustentável e em adotar meios de transporte com baixas ou nulas emissões de CO2, seja no que fazemos todos os dias ou para continuar a viajar, mas reduzindo a pegada de carbono nas deslocações.

No projeto Rout-E, sugerimos cinco itinerários de norte a sul do território nacional - Porto e Norte, Centro de Portugal, Lisboa, Alentejo e Algarve – mostrando percursos e locais que caraterizam o que há de melhor no país. À boleia de motas elétricas, dando visibilidade a uma forma diferente de passear, revelamos o que se descobriu numa viagem onde sustentável e espontâneo foram as palavras-chave, a que se juntou uma oferta diversificada e autêntica fora dos habituais polos de atração das grandes cidades.

Junte-se a esta ideia e inspire-se para realizar a sua viagem sustentável por Portugal.

Porto e Norte
O Vale do Douro e as suas vinhas convidaram a uma rota panorâmica, que seguiu para os Passadiços do Paiva e daí para a paisagem luxuriante da Frecha da Mizarela. Chegar ao Porto de mota elétrica foi o mote perfeito para visitar uma das mais recentes atrações da cidade, o World of Wine, mas também para descobrir o antigo Mosteiro da Serra do Pilar, em Vila Nova de Gaia.

Centro de Portugal
O Centro de Portugal é uma região extensa, plena de sítios por onde a história passou e por onde, agora, se criaram novas memórias, sempre em veículos sustentáveis. Desde as gravuras rupestres de Foz Côa à aldeia de Castelo Rodrigo, os monumentos históricos encheram o olho, numa sucessão que depois percorreu 100 km até Belmonte, outra Aldeia Histórica. Pelo caminho, os deslumbrantes Passadiços do Mondego mereceram uma paragem, numa rota que reservou surpresas no sopé da Serra da Estrela, entre fábricas de burel e queijos que despertam os sentidos.

Alentejo
Por planícies pintalgadas de amarelo emergiu o Alentejo, uma região recheada de segredos e localidades que retêm o seu espírito já de séculos. O percurso pode começar no refúgio costeiro da Comporta e rumar a sul, passando por castelos que contam histórias de estoicismo de quem lá viveu. A partir das aldeias caiadas de branco, como Santa Susana, ou em xisto, como Monsaraz, abrem-se estradas para cidades grandes como Évora e Beja, cujas ruas deixam marca no imaginário de quem as visita.

Algarve
A sul, o Algarve continua a ser um destino imperdível e uma referência para o slow travel: partindo das reservas de sal de Castro Marim e calcorreando as terras mais conhecidas deste paraíso muito português, de Loulé a Portimão, passando por Silves. A vila histórica de Lagos revelou as suas surpresas, a caminho de um destino final em Sagres, junto ao ponto mais ocidental do Algarve e mais a sudoeste de Portugal.

Num compromisso que assenta na sustentabilidade social, económica e ambiental, Portugal é um destino de paisagens que primam pela valorização e preservação do seu património cultural, de braços abertos para todos os que o queiram descobrir.

Uma nova rota sustentável começa agora: está na hora de partir à descoberta!


Pesquisa avançada
Planeamento Veja os favoritos que selecionou e crie o seu Plano de Viagem ou a sua Brochura.
Esqueceu a sua password?
Faça login através de redes sociais
*Aguarde por favor. *As instruções de recuperação de password serão enviadas para o seu e-mail. *E-mail não enviado. Tente novamente.
Faça login através de redes sociais