www.visitportugal.com

Live Chat

Sintra - Itinerário Acessível

Mapa de Sintra - Itinerário Acessível 
Local: Sintra
Foto: ICVM
Foto: ICVM

Perto de Lisboa, Sintra é uma visita obrigatória em qualquer programa turístico, pelo seu valor histórico e cultural e pela beleza surpreendente de uma paisagem que foi classificada Património da Humanidade pela UNESCO.

No centro da vila, pode ser feito um percurso acessível pois as ruas apresentam um pavimento em bom estado de conservação, estável e regular, o que permite a circulação de forma segura e confortável. No entanto, estas zonas recentemente intervencionadas com condições de acessibilidade contrastam com as zonas mais antigas da vila, de ruas estreitas, inclinadas e com piso irregular.

Ao longo do Itinerário Acessível que aqui se apresenta, as passadeiras estão rebaixadas e niveladas, mas não se verifica a presença de pavimentos táteis ou de avisos sonoros. Algumas esplanadas e as caldeiras das árvores obrigarão a um maior cuidado e a desvios pontuais para circular na via destinada a veículos, como acontece nas Avenidas Dr. Alfredo da Costa e Dr. Miguel Bombarda.

Acompanhe este itinerário com o mapa

Centro Cultural Olga Cadaval (1) - Museu das Artes de Sintra (2) - Volta do Duche / Parque da Liberdade (3) - Palácio Nacional de Sintra (4) - Palácio e Quinta da Regaleira (5)

Sugerimos que se inicie o Itinerário Acessível no Museu das Artes de Sintra (2), dedicado à arte contemporânea, instalado no edifício de um antigo casino. Muito perto, o Centro Cultural Olga Cadaval (1) tem uma programação bastante variada de concertos, cinema, teatro e dança que pode ser uma boa opção para um espetáculo ao final do dia.


Museu das Artes de Sintra © José Manuel

Seguindo pela Avenida Heliodoro Salgado, acessível, o miradouro da Estefânia permite apreciar a vista sobre a serra e o vale, com o Palácio Nacional de Sintra e as suas emblemáticas chaminés cónicas ao fundo. Continuando pela Av. Dr. Alfredo da Costa passa-se pela Câmara Municipal de Sintra, à direita, um curioso edifício com pormenores em estilo neomanuelino e neorrenascentista, construído na primeira década do séc. XX para acompanhar a então recente chegada da linha ferroviária.


Volta do Duche, Sintra © José Manuel

O percurso acessível continua pela Volta do Duche, apreciando algumas esculturas de arte contemporânea ao longo do passeio. À direita, vão-se encontrando acessos por escadas para o vale onde se encontra o Museu Anjos Teixeira . Antes de chegar ao centro histórico, também conhecido por Vila Velha, passa-se pela entrada para o refrescante Parque da Liberdade (3). Este espaço público, parcialmente acessível devido à inclinação de alguns caminhos, é ideal para um piquenique ou para uma pausa nos dias quentes de verão. 


Sintra © Alan P. / Shutterstock

Um pouco mais à frente, encontra-se uma fonte em estilo neoárabe e no final da Volta do Duche, o News Museum fica à esquerda. Segue-se pela direita até ao centro histórico e à Praça da República, onde se encontra o Palácio Nacional de Sintra (4), antiga casa de verão da família real e local de visita obrigatória em Sintra. Inicialmente construído no séc. XV, foi sendo enriquecido ao longo dos séculos. Entre as salas e quartos que têm sempre uma história para contar, faz-se também uma viagem pela história do azulejo que teve aqui uma das primeiras aplicações em Portugal, durante o séc. XVI. Embora a envolvente seja acessível, a entrada principal tem pequenos lances de escadas e por isso o acesso deve ser feito pela Cozinha Real onde é possível colocar uma rampa. No interior, estão disponíveis diversas soluções de apoio a pessoas com necessidades especiais. 


Palácio Nacional de Sintra © Parques de Sintra - Monte da Lua / Luís Duarte

Na praça, as várias esplanadas e cafés convidam a uma pausa e a provar a saborosa pastelaria local, como as queijadas ou os travesseiros. No caso de precisar de informação ou de apoio, pode passar pelo Posto de Turismo, antes de se dirigir ao Palácio e Quinta da Regaleira.


Quinta da Regaleira © Arquivo Turismo de Portugal

Esta parte do percurso é parcialmente acessível, mas vale a pena visitar o Palácio da Regaleira (5). Construído no início do séc. XX por um milionário é um monumento enigmático, em estilo romântico revivalista, com muita simbologia relacionada com a maçonaria que facilmente fascina os visitantes.

Depois do centro histórico, a visita deve continuar pela Serra de Sintra e pelo conjunto patrimonial dos “Parques de Sintra”, constituídos pelo Palácio e Parque da PenaChalet da Condessa d’EdlaCastelo dos Mouros e Palácio e Parque de Monserrate.  Para fazer o percurso está disponível um autocarro elétrico acessível que garante a ligação entre os vários pontos de visita, onde existem profissionais qualificados e formados em atendimento de pessoas com mobilidade condicionada e necessidades especiais. Estão ainda disponíveis diversos equipamentos de apoio à visita, como o Swisstrac, para facilitar a autonomia em cadeira de rodas, o Serviço Serviin de vídeo chamada com um intérprete de Língua Gestual Portuguesa e a aplicação Talking Heritage, onde se disponibiliza informação com conteúdos áudio e em língua gestual (ver detalhe no separador “Informações Úteis”, no topo da página). Em Monserrate, o turista terá ainda disponível uma maquete tridimensional tátil do palácio.


Pesquisa avançada
Planeamento Veja os favoritos que selecionou e crie o seu Plano de Viagem ou a sua Brochura.
Esqueceu a sua password?
Faça login através de redes sociais
*Aguarde por favor. *As instruções de recuperação de password serão enviadas para o seu e-mail. *E-mail não enviado. Tente novamente.
Faça login através de redes sociais

Este site utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação e não guarda dados identificativos dos utilizadores.
Poderá desativar esta função na configuração do seu browser. Para saber mais, consulte os Termos de Utilização

close