www.visitportugal.com

Live Chat

Coimbra

Galeria Videos: 

Tab Genérica: 

Coordenada X: 

-8.43

Coordenada Y: 

40.21

Igreja de São João das Donas ou de São João de Santa Cruz

Igreja de São João das Donas ou de São João de Santa Cruz

Monumentos

Igreja do séc. XVI em estilo manuelino.
Contactos

Morada:
Praça 8 de Maio 3000-001 Coimbra


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Peter van der Waal
Praca de Republica at night
Aloys Thoe
wild formations made by nature
Eventos Eventos
Ver mais
Queima das Fitas
Queima das Fitas
Coimbra faz a festa aos seus doutores na "Queima das Fitas". Veste as cores das (...)

Colégio de São Pedro

Colégio de São Pedro

Monumentos

Ao lado da Porta Férrea com a fachada principal voltada para o terreiro encontramos o Colégio de São Pedro. Construído no séc. XVIII, num estilo maneirista nacional de linhas sóbrias, apresenta um portal barroco exuberante executado em 1713.

No séc. XVI, aqui ficavam os aposentos dos Infantes que pertenciam ao Paço Real de D. Manuel. D. Sebastião ordenou que aqui ficassem alojados os candidatos às magistraturas superiores das Faculdades. Extinto em 1834 foi completamente integrado nas dependências da Universidade. A partir de 1855, uma parte ficou reservada à família real, quando ficava na cidade e mais tarde serviu de residência aos reitores.
Contactos

Morada:
Largo da Porta Férrea - Universidade de Coimbra  3004-531 Coimbra
Telefone:
+351 239 859 800
Fax:
+351 239 825 841
Website:


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Peter van der Waal
Praca de Republica at night
Aloys Thoe
wild formations made by nature
Eventos Eventos
Ver mais
Queima das Fitas
Queima das Fitas
Coimbra faz a festa aos seus doutores na "Queima das Fitas". Veste as cores das (...)

Torre de Anto

Torre de Anto

Monumentos

Torre da antiga cerca medieval. Tem quatro pisos ligados por estreita escada em caracol. A sua designação actual deriva do facto de nela ter vivido, nos finais do séc. XIX, o poeta António Nobre (1867-1900).
Contactos

Morada:
Rua de Sub-Ripas  3000 Coimbra


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Peter van der Waal
Praca de Republica at night
Aloys Thoe
wild formations made by nature
Eventos Eventos
Ver mais
Queima das Fitas
Queima das Fitas
Coimbra faz a festa aos seus doutores na "Queima das Fitas". Veste as cores das (...)

Sé Velha de Coimbra

Sé Velha de Coimbra

Monumentos

A construção da Sé começou em 1164 por iniciativa do bispo D. Miguel Salomão, no local de uma igreja destruída durante um ataque muçulmano. Foi consagrada em 1184, embora o resto do edifício ainda não estivesse terminado, nomeadamente os claustros. Os seus mestres foram Roberto e Bernardo, dois franceses, que trinta anos antes tinham introduzido um estilo românico mais elaborado no país, constituindo uma inovação à regra instituída. Influenciados pelas plantas das igrejas de peregrinação do Caminho de Santiago de Compostela, optaram por uma cabeceira sem deambulatório devido a restrições de custos.

Durante a campanha de obras do séc. XVI são feitas algumas inovações. Destacam-se o portais renascentistas, sobretudo a Porta Especiosa, obra máxima de João de Ruão inspirada no renascimento italiano, utilizando a tipologia dos grandes arcos triunfais.

No interior merecem referência a Capela do Sacramento, também de João de Ruão e a Capela de D. Duarte de Melo, com risco do Mestre Tomé Velho. Na capela-mor, o retábulo de talha dourada, em estilo gótico flamejante, da autoria de Olivier de Gand e Jean d'Ypres.

Em 1772 a função de Sé passa para o extinto Colégio dos Jesus. O templo fica a cargo da Misericórdia até 1778. Em 1785 é ocupada pela Ordem Terceira de São Francisco e em 1816 para a paróquia de São Cristovão.

Os claustros começaram a ser erigidos em 1218, durante o reinado de D. Afonso II, sendo uma das primeiras obras góticas edificadas em Portugal. De dimensões superiores ao habitual foi necessário destruir uma parte da encosta para a construção. Ocupa assim uma área quadrangular a partir do terceiro tramo da nave e ultrapassando o perímetro da cabeceira. É constituído por um piso abobadado e as arcadas são compostas por arcos apontados duplos, assentes em finos colunelos geminados e com óculo superior. Os capitéis são decorados com motivos vegetalistas, anunciando o gosto gótico emergente. O gótico aplicado demonstra uma maturidade de estrutura e segurança nas formas, o que revela que os artífices que aqui trabalharam estavam familiarizados com os modelos desenvolvidos em Espanha e em França
Contactos

Morada:
Largo da Sé Velha   3000-306 Coimbra
Telefone:
+351 239 825 273
Fax:
+351 239 825 273


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Peter van der Waal
Praca de Republica at night
Aloys Thoe
wild formations made by nature
Eventos Eventos
Ver mais
Queima das Fitas
Queima das Fitas
Coimbra faz a festa aos seus doutores na "Queima das Fitas". Veste as cores das (...)

Igreja de São Marcos - São Silvestre

Igreja de São Marcos - São Silvestre

Monumentos

Igreja do séc. XV em estilo gótico.
Contactos

Morada:
São Marcos 3000-001 Coimbra


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Peter van der Waal
Praca de Republica at night
Aloys Thoe
wild formations made by nature
Eventos Eventos
Ver mais
Queima das Fitas
Queima das Fitas
Coimbra faz a festa aos seus doutores na "Queima das Fitas". Veste as cores das (...)

Biblioteca Joanina

Biblioteca Joanina

Monumentos

Dela escreveu o Conde Raczinski em "Les Arts au Portugal": é a mais bela, mais ricamente decorada biblioteca que até hoje vi. De facto, este espaço sumptuoso, construído entre 1717 e 28, traduz no seu belo e nobre interior o espírito mecénico do seu fundador. O brasão do monarca recebe os visitantes no grande pórtico de entrada.

Aqui, estudantes e investigadores podem consultar mais de 300 mil volumes datados desde o séc. XVI até ao final do séc. XVIII guardados nos arquivos que ocupam os três andares do edifício.

No interior, as paredes são revestidas por sólidas estantes de madeiras exóticas compostas por dois corpos, separados por um varandim apoiado em colunas. A sua pintura e douramento deve-se a Manuel da Silva. O andar nobre divide-se por três salas separadas por arcos idênticos ao do portal exterior ostentando as insígnias das antigas faculdades da Universidade. Os tectos foram pintados em trompe l'oeil por António Simões Ribeiro e Vicente Nunes para dar a ilusão de uma maior altura. Numa das paredes ao fundo, uma grande tela, datada de 1730, retrata o fundador, D. João V.
Contactos

Morada:
Universidade de Coimbra - Paço das Escolas  3004-531 Coimbra
Telefone:
+351 239 859 800
Fax:
+351 239 825 841
Website:


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Peter van der Waal
Praca de Republica at night
Aloys Thoe
wild formations made by nature
Eventos Eventos
Ver mais
Queima das Fitas
Queima das Fitas
Coimbra faz a festa aos seus doutores na "Queima das Fitas". Veste as cores das (...)

Arco e Torre de Almedina

Arco e Torre de Almedina

Monumentos

Remontando ao séc. XI como indica o topónimo de origem árabe que significa "a cidade", o Arco de Almedina fazia parte das muralhas medievais. É hoje a entrada na Coimbra antiga, onde se pode ver uma escultura da oficina de João de Ruão.

Também conhecido por Arco da Barbacã, é sobreposto por uma torre que teve várias funções ao longo dos séculos. Nos séculos XIV e XV foi a sede do poder municipal, a Casa da Câmara, e mais tarde a Casa de Audiência onde se reunia a vereação.

No alto, o sino de correr anunciava as sessões camarárias e as horas do abrir e fechar das portas para a população, função que manteve até 1870. No local existia uma pequena capela dedicada a Nossa Senhora da Conceição onde se realizava missa antes das reuniões.

Em 1835, com a definição de um novo espaço para os Paços do Concelho, a torre passa a ter novas ocupações, entre as quais se refere a Sociedade de Instrução dos Operários (1851), a Filarmónica Conimbricense e a Escola Livre de Artes e Desenho (1878). Em 1954 o espaço é adaptado a Museu Etnográfico, dando-lhe a aparência actual, e em 1988 passa a servir o Arquivo Histórico Municipal, função que ainda mantém.
Contactos

Morada:
Almedina Coimbra


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Peter van der Waal
Praca de Republica at night
Aloys Thoe
wild formations made by nature
Eventos Eventos
Ver mais
Queima das Fitas
Queima das Fitas
Coimbra faz a festa aos seus doutores na "Queima das Fitas". Veste as cores das (...)

Mosteiro de Santa Clara-a-Velha

Mosteiro de Santa Clara-a-Velha

Monumentos

MENÇÃO HONROSA nos PRÉMIOS TURISMO DE PORTUGAL 2009

O Mosteiro de Santa Clara foi mandado construir em 1314 por D. Isabel de Aragão, a Rainha Santa, substituindo um pequeno convento de monjas clarissas fundado em 1286. O templo ficou concluído em 1330 e a sua traça deve-se ao arquitecto Domingos Domingues, que anteriormente havia trabalhado no Mosteiro de Alcobaça.

O conjunto destaca-se na arquitectura da época pela dimensão da igreja e do claustro e pela abóbada em pedra que cobre as três naves do mesmo tamanho. Pela sua localização na margem do Rio Mondego, o mosteiro estava sujeito a inundações frequentes que forçaram a construção de um piso superior e o abandono do térreo, quase sempre alagado. No século XVII, o rei D. João IV mandou construir num ponto alto da cidade, o novo convento que ficou conhecido como de Santa Clara-a-Nova, para onde as freiras se mudaram em 1677. O primitivo mosteiro que passou a ser designado de Santa Clara-a-Velha, ficou ao abandono até chegar a um estado de ruína.

No final do século XX foram levadas a cabo profundas obras de recuperação, que puseram a descoberto as estruturas e um vasto e diversificado espólio. De novo aberto a visitas, o Mosteiro oferece uma área de lazer num amplo percurso ao ar livre que engloba a igreja e as estruturas arqueológicas restauradas. No Centro Interpretativo, para além da exposição dos objectos aqui encontrados, estruturada de acordo com a vivência monástica, utilizam-se meios audiovisuais para apresentar a história do local e a sua requalificação.
Contactos

Morada:
Rua das Parreiras
3040-266 Coimbra
Telefone:
+351 239 801 160
Fax:
+351 239 801 169


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Peter van der Waal
Praca de Republica at night
Aloys Thoe
wild formations made by nature
Eventos Eventos
Ver mais
Queima das Fitas
Queima das Fitas
Coimbra faz a festa aos seus doutores na "Queima das Fitas". Veste as cores das (...)

Sala Grande dos Actos

Sala Grande dos Actos

Monumentos

Também conhecida por Sala dos Capelos, era a antiga Sala do Trono. Aqui realizam-se os actos mais importantes do ano académico tais como a investidura dos Magníficos Reitores, a abertura do ano lectivo ou os doutoramentos.

Foi remodelada na segunda metade do séc. XVI pelo arquitecto Marcos Pires e novamente em meados do séc. XVII por António Tavares. O tecto de caixotões de madeira foi pintado por Jacinto Pereira da Costa. Nas paredes, retratos reais de finais do séc. XVII e do chão até meia altura a parede tem um revestimento azulejar policromo da mesma época. Em volta da sala, num plano mais elevado, corre um cadeiral onde têm assento os Doutores durante as cerimónias académicas. No topo, a cadeira de onde o Reitor preside aos Actos.
Contactos

Morada:
Universidade de Coimbra - Paço das Escolas  3004-531 Coimbra
Telefone:
+351 239 859 800
Fax:
+351 239 825 841
Website:


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Peter van der Waal
Praca de Republica at night
Aloys Thoe
wild formations made by nature
Eventos Eventos
Ver mais
Queima das Fitas
Queima das Fitas
Coimbra faz a festa aos seus doutores na "Queima das Fitas". Veste as cores das (...)

Torre da Universidade de Coimbra

Torre da Universidade de Coimbra

Monumentos

Data do ano de 1728. Considerada o ex-libris da cidade, a torre com 34 metros de altura, está ricamente decorada e é composta por vários corpos sobrepostos, no penúltimo dos quais se abrem largas ventanas que deixam ver os pesados sinos.

O andar superior em cuja parede se encontra o relógio, tem no topo um pátio miradouro. O acesso aos diversos pisos faz-se através de uma estreita escada circular.
Contactos

Morada:
Universidade de Coimbra - Largo da Porta Férrea  3000 Coimbra


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Peter van der Waal
Praca de Republica at night
Aloys Thoe
wild formations made by nature
Eventos Eventos
Ver mais
Queima das Fitas
Queima das Fitas
Coimbra faz a festa aos seus doutores na "Queima das Fitas". Veste as cores das (...)

Páginas

Pesquisa avançada
Planeamento Veja os favoritos que selecionou e crie o seu Plano de Viagem ou a sua Brochura.
Esqueceu a sua password?
Faça login através de redes sociais
*Aguarde por favor. *As instruções de recuperação de password serão enviadas para o seu e-mail. *E-mail não enviado. Tente novamente.
Faça login através de redes sociais