www.visitportugal.com

Live Chat

Tavira

Galeria Videos: 

Tab Genérica: 

Coordenada X: 

-7.65

Coordenada Y: 

37.13

Igreja de Santa Maria do Castelo - Tavira

Igreja de Santa Maria do Castelo - Tavira

Monumentos

A Igreja de Santa Maria é um edifício do séc. XIII, provavelmente construído no local da antiga mesquita. Teve alterações posteriores, depois de ter sido abalada pelo terramoto de 1755.

Na fachada, salientam-se os elementos em estilo gótico: o portal, decorado com capitéis de ornamentação vegetalista, a janela em ogiva e uma pequena rosácea. A torre do relógio pertence também à construção primitiva, embora com acrescentos decorativos posteriores. De notar a curiosidade de as torres se situarem junto à cabeceira, pois normalmente ficam no topo oposto.

No interior, destacam-se alguns trabalhos artísticos. Na capela-mor, encontram-se os túmulos dos sete cavaleiros da Ordem de Sant'Iago e de D. Paio Peres Correia que conquistaram a cidade aos muçulmanos. Na Capela do Santíssimo, repare-se nos painéis de azulejos historiados, do séc. XVIII, revestindo as paredes. Na Capelas das Almas, um retábulo de talha do séc. XVIII apresenta no elemento central um alto-relevo de iconografia religiosa, datado do séc. XVII. Por último, na sacristia merecem destaque alguns azulejos do séc. XVIII, decorados com cestos de frutas e jarras de flores.

No tesouro sacro, composto por peças de ourivesaria dos sécs. XVI a XVIII e de paramentaria, merece referência especial uma preciosa estante de missal do séc. XVI / XVII proveniente do Japão.
Contactos

Morada:
Castelo - Alto de Santa Maria 8800 Tavira


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Castelo e Muralhas de Tavira

Castelo e Muralhas de Tavira

Monumentos

O castelo de Tavira vale a visita sobretudo pela vista sobre a cidade e sobre a paisagem circundante até ao mar.

As bases do sistema defensivo foram construídas durante o domínio muçulmano, entre o séc. VIII e XIII). Após a Reconquista Cristã, o conjunto sofreu obras de melhoramento, ordenadas pelo rei D. Dinis (1261-1325), que assim integrou Tavira na sua política de reforço das linhas de defesa do território. Em 1640, foram feitas obras de conservação.

Actualmente ainda se podem ver alguns panos de muralha, uma parte da Alcáçova que mantém as suas características medievais e o Arco da Misericórdia.
Contactos

Morada:
Alto de Santa Maria - Tavira


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Igreja de Santo António - Tavira

Igreja de Santo António - Tavira

Monumentos

A Igreja de Santo António começou a ser construída em 1606 destinada aos frades Capuchos. As dependências conventuais acabaram por ser destruídas no séc. XVII, ficando apenas o pequeno claustro e a igreja que foi entregue à Confraria de Santo António em 1856. É um templo bastante simples arquitectonicamente.

A nível artístico importa destacar as pinturas a fresco do séc. XVII da abóbada da capela-mor, o retábulo em estilo rococó e o conjunto escultórico de figuras de barro, em tamanho natural, representando três episódios da vida de Santo António em Pádua, onde morreu. Feito no séc. XVII, é designado por "Trânsito de Santo António".
Contactos

Morada:
Campo dos Mártires da República  8800-684 Tavira


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Igreja da Misericórdia de Tavira

Igreja da Misericórdia de Tavira

Monumentos

Arquitectonicamente é considerada uma das Igrejas mais valiosas de Tavira, devido aos elementos renascentistas no portal e no interior, únicos na região do Algarve.

A Santa Casa da Misericórdia foi estabelecida em Tavira nos inícios do séc. XVI. Inicialmente detinha apenas uma capela lateral no convento de São Francisco. Em 1541, André Pilarte, mestre pedreiro residente em Tavira, foi encarregue da construção da Igreja da Misericórdia.

Por cima do portal renascentista, podemos ver um nicho com a imagem de Nossa Senhora da Misericórdia, ladeado pelos escudos de Portugal e da cidade e por dois alto-relevos representando São Pedro e São Paulo.

No interior, destaca-se a decoração renascentista das colunas (constituído pela adopção de carrancas para os capitéis) e os retábulos do altar-mor e das capelas colaterais, bons exemplos de talha dourada do séc. XVIII. Nas paredes, o revestimento azulejar do séc. XVIII é digno de nota, representando as obras da Misericórdia e cenas da vida de Cristo. Pode ainda visitar-se um pequeno claustro anexo.

Após o terramoto de 1755, a Igreja foi utilizada como Matriz até 1800, quando a nova Igreja Matriz de Santa Maria foi inaugurada.
Contactos

Morada:
Rua da Galeria  8800-329 Tavira


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Igreja de Santa Ana - Tavira

Igreja de Santa Ana - Tavira

Monumentos

Existem dados que confirmam a existência desta igreja no séc. XVI mas a construção que vemos actualmente data do séc. XVIII. De exterior bastante simples, o seu interesse reside nalgumas peças que se encontram no interior, nomeadamente a talha dourada dos altares, a pia de água benta (suportada por uma coluna torsa gótica) e o painel do séc. XVI com a representação da "Descida da Cruz".
Contactos

Morada:
Largo de Santana 8800-701 Tavira


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Tavira

Tavira

Localidades

Foi neste local que surgiu a cidade romana de Balsa no séc. I a. C., no caminho entre Ossonoba (Faro) e Baesuris (Castro Marim), desenvolvendo-se aí a pesca e a salga de peixe. Com uma localização geográfica privilegiada, entre a serra algarvia e o curso do Rio Gilão, foi também o local eleito pelos muçulmanos para se estabelecerem entre o séc. VIII e XIII, dando-lhe o nome ´Tabira´, origem do actual Tavira. No entanto, não existem provas conclusivas sobre se Balsa e Tabira eram a mesma povoação...

A Reconquista Cristã chegou a Tavira em 1242 com D. Paio Peres Correia, um cavaleiro de Sant´Iago. Dois anos depois, o rei D. Sancho II doou estes territórios à Ordem para reorganização e povoamento. Ainda no séc. XIII, reforçaram-se as muralhas e o Castelo e construiu-se a Igreja de Santa Maria.

O período de grande expansão da cidade começará no séc. XV, depois da Conquista de Ceuta em 1415, que iniciou a era dos Descobrimentos. Tornou-se então um importante porto piscatório e de apoio aos exércitos e armadas que defendiam a costa portuguesa e as cidades costeiras conquistadas no Norte de África. Foi também porto de exportação de peixe salgado, frutos secos, vinho e outros produtos. Em 1489, o rei D. João II residiu aqui durante alguns meses e, em 1520, foi elevada a cidade por D. Manuel I.

Estas presenças reais reflectiram-se no enriquecimento do património e na expansão da cidade. Ao longo das margens do rio estabeleceram-se as famílias mais humildes enquanto o centro foi escolhido pelas famílias nobres, que assim ficaram perto do poder político instalado no Castelo. A Igreja da Misericórdia permanece como testemunho desta época.
No séc. XVII, Tavira continua a ser o grande pólo comercial do Algarve. Data de então grande parte do património cultural, revelando também a influência do poder religioso. Ainda hoje podemos visitar 21 igrejas na cidade, de entre as quais se destacam a Igreja de São Paulo, a Igreja de Santo António, a Igreja do Carmo e a Igreja de São Francisco.

Durante o séc. XVIII, Tavira perde o poder económico que recupera apenas no século seguinte devido sobretudo à pesca do atum e à indústria das conservas.

Em Tavira, importa ainda destacar as casas tradicionais que se encontram na parte, com as suas portadas de reixa e os telhados "de tesoura". As portadas de reixa são feitas de ripas de madeira e permitem o arejamento mesmo com as janelas e postigos das portas fechados. Os telhados "de tesoura" são constituídos por pequenos telhados de quatro águas, correspondendo cada um a uma divisão da casa. "Tesoura" é o nome que se dá ao cruzamento das traves em que os telhados assentam.

Além do interesse histórico, um dos grandes atractivos de Tavira é o seu património natural. O Rio Gilão, que banha a cidade, conduz-nos até ao mar, onde encontramos a Ilha de Tavira, extenso areal com 11 km paralelo à costa e que integra o Parque Natural da Ria Formosa. Estas praias de águas tranquilas e areia branca são das mais apreciadas na costa algarvia. As ligações entre Tavira e a Ilha são feitas por carreiras (junto ao Mercado da cidade ou no sítio de Quatro Águas) e por barcos-táxi, de acordo com o estado do tempo e a disponibilidade. Não deixe de visitar Cacela Velha.



Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Benamor Golf

Benamor Golf

Campos

Contactos

Morada:
Quinta de Benamor
8800-067 Conceição de Tavira
Telefone:
+351 281 320 880
Fax:
+351 281 320 888


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Quinta da Ria

Quinta da Ria

Campos

O primeiro dos dois percursos de 18 buracos estende-se por uma área com vistas espetaculares, na costa leste do Algarve, mais conhecida pelo Sotavento.

O campo de Golfe da Quinta da Ria, situado em pleno Parque Natural da Ria Formosa foi já descrito por golfistas experientes como um dos mais belos da região.

De fato, sobranceiro ao estuário da Ria Formosa, as vistas para o areal abaixo e para o vaivém das marés, são de cortar respiração. A concentração desaparece, o espírito começa a vaguear e … segurar o resultado do jogo pode não ser nada fácil… na verdade, isso se calhar até nem interessa nada!

Contactos

Morada:
Quinta da Ria
8900-057 Vila Nova de Cacela
Telefone:
+351 281 950 580
Fax:
+351 289 950 589


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Monte Rei Golf & Country Club

Monte Rei Golf & Country Club

Campos

Contactos

Morada:
Sesmarias - Apartado 118 8901-907 Vila Nova de Cacela
Telefone:
+351 281 950 960
Fax:
+351 281 950 951


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Quinta de Cima

Quinta de Cima

Campos

De qualquer dos seus tees, este magnífico Campo de 18 buracos é um autêntico teste de golfe e um verdadeiro desafio.

Toda a propriedade está envolvida numa profunda paz. Da Quinta de Cima, as vistas são espectaculares e inspiradoras: de qualquer parte do Campo, tanto a serra como o mar são um deleite para os olhos.

Oliveiras e Alfarrobeiras centenárias juntamente com a bordadura de laranjeiras e videiras, mantêm a tipicidade da paisagem da região. Até parece que o Campo existe ali há séculos.

Esta é também uma zona protegida e oxalá se possa manter assim para sempre!
Contactos

Morada:
Quinta da Ria  8900-057 Vila Nova de Cacela
Telefone:
+351 281 950 580
Fax:
+351 289 950 589


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Páginas

Pesquisa avançada
Planeamento Veja os favoritos que selecionou e crie o seu Plano de Viagem ou a sua Brochura.
Esqueceu a sua password?
Faça login através de redes sociais
*Aguarde por favor. *As instruções de recuperação de password serão enviadas para o seu e-mail. *E-mail não enviado. Tente novamente.
Faça login através de redes sociais

Este site utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação e não guarda dados identificativos dos utilizadores.
Poderá desativar esta função na configuração do seu browser. Para saber mais, consulte os Termos de Utilização

close