www.visitportugal.com

Live Chat

Restaurantes e Cafés

Representa POIs do Tipo Restaurantes e Cafes

Xarez

Xarez

Restaurantes e Cafés

No interior da vila amuralhada de Monsaraz, o restaurante Xarez insere-se num quadro natural de grande beleza, tendo em conta que as vistas, soberbas, a partir da esplanada e da varanda envidraçada, dão para a planície pontilhada por oliveiras num universo sem fim. É um restaurante decorado com simplicidade, mas extremo bom gosto, e divide-se em três espaços. Numa primeira sala, destacam-se os lambris de azulejaria, em tons de verde e de branco, evocativa das habitações antigas da região; na varanda ressalta o xisto emergente em parte das paredes caiadas, e, na esplanada, a paisagem estonteante.  

 

 

A cozinha, essa, com base em pratos típicos e petiscos, é simples, embora cuidada, mesmo nos detalhes, até porque o Xarez cativa não só quem pretende um bom almoço ou um bom jantar, mas também aqueles a quem apetece apenas um chá ou um copo de vinho e apreciar as vistas. 

 

 

A carta, pouco extensa, mas equilibrada, em que os paladares alentejanos foram revisitados por Salvador Acabado, que lhes conferiu um toque de modernidade, tem início com o tradicional couvert de pão e azeitonas bem temperadas, seguido pela sopa da horta.   

 

 

Nos peixes, são pratos constantes o bacalhau e o polvo à lagareiro, enquanto nas carnes são especialmente procurados o bife da vazia na frigideira e as bochechas de porco preto estufadas. Mais extensa é a lista de petiscos, que encontra os seus pontos altos na tarte de lebre com salada, na farinheira com ovos mexidos e nas migas de espargos com ovos, além do pratinho de enchidos variados. Nos queijos desfilam o queijo da serra com compota, os queijos de cabra ou de ovelha curados e o queijo fresco de ovelha, entre outros. Já nas sobremesas, de produção caseira, são irresistíveis a sericaia com Ameixa d’Elvas DOP, o bolo de chocolate e o bolo rançoso. Boa garrafeira, predominantemente alentejana. Serviço eficiente e familiar. 

 

Contactos

Morada:
Rua de Santiago, n.º 33, 7200-175 Monsaraz
Telefone:
+351 266 557 052


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Taberna Al-Andaluz

Taberna Al-Andaluz

Restaurantes e Cafés

Instalado em pleno centro de Reguengos de Monsaraz, caracteriza-se pela arquitetura de estilo mudéjar e pela decoração alusiva à cultura taurina, que propiciam um ambiente alegre e descontraído, mas também intimista e familiar. Tem duas salas e pátio interior aberto: a sala da entrada é mais sóbria, com mantas e louças alentejanas nas paredes, cadeiras confortáveis, atoalhados brancos; a interior é mais típica, com arcadas, coluna, louças decorativas e mesas árabes (base de madeira e cortes de azulejo vidrado), dois painéis de azulejos com motivos taurinos e portas e candeeiros de ferro forjado; o pátio é genuinamente Al-Andaluz. 

 

 

Também a cozinha se inspira na nação Al-Andaluz, que, segundo José Morgado, proprietário e cozinheiro do restaurante, embora formado em engenharia agrícola e enologia, corresponde aos territórios do Alentejo, Algarve e Andaluzia. Utiliza produtos da região e prepara-os como aprendeu com a mãe e as tias. Entre as suas especialidades destacam-se, nas entradas: presunto ibérico de bolota, enchidos de porco ibérico do Alentejo, queijos de ovelha de Reguengos e Queijo Serpa DOP, torresmos, saladas diversas; nos pratos principais: açorda de alho com bacalhau ou pescada, açorda de tomate com bacalhau, açorda de cação, borrego assado no forno, carrilhadas de porco ibérico e de toiro de lide, lombo de toiro de lide, rabo de toiro e, nas respetivas épocas, gaspacho do Alentejo e lampreia à moda do Guadiana; nas sobremesas: sericaia com Ameixa d’Elvas DOP, encharcada e bolo rançoso, três ícones da doçaria conventual. Garrafeira só com vinhos do Alentejo e quase todos (90%), da sub-região de Reguengos de Monsaraz.

 

Contactos

Morada:
Rua 1º de Maio, nº 39 Frente, 7200-363 Reguengos de Monsaraz
Telefone:
+351 266 519 362 / +351 965 639 028


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Solar do Forcado

Solar do Forcado

Restaurantes e Cafés

Casa centenária numa das ruas estreitas do centro de Portalegre, que foi estalagem, talho, mercearia e taberna, até que Lourenço Mourato a adquiriu, em 1985, e transformou em restaurante de cozinha tradicional portuguesa com forte influência regional, em 2001. Rapidamente se tornou uma referência da gastronomia da região e soube evoluir, sobretudo no que toca à apresentação, mas preservou os paladares de sempre. Assim continua, dirigida por Luís Mourato, filho do seu fundador. O espaço, pequeno e acolhedor, tem um certo charme, que vem dos arcos de tijolo, da decoração alusiva à festa brava, das cadeiras de bunho tipicamente alentejanas, dos atoalhados de pano e também dos bons copos e talheres. 

No que diz respeito à gastronomia é uma casa de carnes, predominando as de touro bravo e de porco preto, que são muito bem tratadas. Mas tudo o que consta da ementa é digno de apreço, a começar nas entradas com produtos típicos de Portalegre, como a cabeça de xara, a cacholeira cozida ou o toucinho frito, e outros de fora, como o presunto. Nos pratos principais destacam-se a espetada de touro bravo, o cozido de grão com rabo de touro, os rins de porco alentejano e os assados no forno: cachaço de porco preto, bochechas de novilho bravo e lacão. Nas sobremesas todas as propostas são irresistíveis: rebuçados de ovo de Portalegre, fartes, sericaia com Ameixa d’Elvas DOP, fidalgo e outras tentações da doçaria conventual. Garrafeira do Alentejo, focada em Portalegre. Serviço diligente e simpático.

 

 

Contactos

Morada:
Rua Cândido dos Reis, nº 14, 7300-129 Portalegre
Telefone:
+351 245 330 866 / +351 938 127 033


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

A Muralha

A Muralha

Restaurantes e Cafés

Integrado no Hotel Santa Beatriz, que resultou da remodelação total de uma antiga albergaria no centro de Campo Maior, promovida pelo Grupo Nabeiro, o restaurante Muralhas tem antecedentes no famoso ApertAzeite, de onde vieram as equipas de cozinha e de sala, bem como o conceito, radicado na gastronomia regional. Pode dizer-se que o ApertAzeite mudou de lugar e de nome, adotando o do anterior espaço gastronómico do hotel, onde está. Tem uma sala ampla, luminosa e confortável com soalho de madeira, grandes janelas, cadeiras estofadas e mesas grandes com elegantes chemins de table, convidativa para saborear a refeição e a conversa. 

A ementa é extensa e merece atenção desde o primeiro item, que é o couvert, com azeitonas de Campo Maior e degustação de azeites da Adega Mayor, de grande qualidade. Sucedem-se muitas opções interessantes como, por exemplo, os ovos mexidos com espargos trigueiros e os pezinhos de porco de coentrada, nas entradas; as sopas de tomate e de cação, nas sopas; o bacalhau dourado, o cação de coentrada, as febras do cachaço de porco preto salteadas ou grelhadas e as costeletas de borrego grelhadas ou panadas com orégãos secos, nos pratos principais; a sericaia com bola de gelado de azeite e demais doçaria que é toda de fabrico próprio (de segunda a sexta-feira há um buffet do dia com preço fixo e mais em conta que inclui sopa, prato e sobremesa). Garrafeira com a maior parte dos vinhos da Adega Mayor e mais um ou outro tipo de vinho que ali não se produz, como o vinho verde. Serviço competente, simpático, profissional.

Contactos

Morada:
Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, 7370-075 Campo Maior
Telefone:
+351 268 680 040


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Segredo d’Alecrim

Segredo d’Alecrim

Restaurantes e Cafés

Numa das ruazinhas típicas de Fronteira encontra-se o Segredo d’Alecrim, inaugurado em 2014, mas que já tem ganho popularidade na terra e nos arredores, tanto pela cozinha que aí serve, tradicional alentejana, com alguns toques de modernidade, como pelo ambiente elegante, tranquilo e intimista, convidativo a longas noites de conversa.  

O restaurante divide-se em três espaços, além da esplanada aberta em dias soalheiros, áreas todas elas dominadas pelo branco das paredes e dos tetos abobadados. Excelentes atoalhados, igualmente alvos, conferem elegância a um espaço que não esquece as raízes, exibidas numa ou noutra peça de cerâmica regional pendurada na parede. Simples mas aconchegante, assim é a decoração deste restaurante, que tem como um dos pontos de referência o aparador e as mesas em madeiras nobres, estas últimas desenhadas pelos proprietários, os irmãos Sílvia e José Machado.  

A ementa abre, após o couvert, com sabores alentejanos, em que estão presentes a farinheira em cama de espinafres, a tábua de enchidos alentejanos e o queijo gratinado com orégãos, entre outros. Seguem-se, no capítulo das sopas, a de tomate alentejana, a de cação e a canja de perdiz; e no das saladas frias, a de bacalhau com ovas do mesmo e pimentos assados e a de peito de frango grelhado com couve roxa, amêndoa laminada e laranja. Nos pratos principais assinalam-se o bacalhau com gambas e o robalo em cama de legumes, nos peixes; as costeletas de borrego grelhadas com alecrim, a posta de novilho, o medalhão de vitela perfumado com azeite e salva acompanhado por grelos salteados e batatas assadas a murro, o hambúrguer e o bitoque de vitela, nas carnes (tudo Carnalentejana DOP). 

Nas sobremesas, além da doçaria conventual, sobressaem o cheesecake de frutos vermelhos e mousse de lima. Garrafeira com os vinhos da região e um ou outro de fora. Serviço eficiente e simpático.

Contactos

Morada:
Largo Marechal Carmona, n.º 21, 7460-109 Fronteira
Telefone:
+ 351 926 796 161


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Santo António

Santo António

Restaurantes e Cafés

À saída de Arronches para Campo Maior vê-se um pequeno desvio que leva ao Hotel Rural Santo António, instalado num edifício de apenas dois pisos com linhas direitas e paredes brancas, muito bem integrado na paisagem. Projetado para permitir que se usufrua plenamente da ruralidade e da beleza natural do Alto Alentejo, o edifício reproduz no interior dos seus pisos, significativamente denominados Água e Terra, as cores e texturas da paisagem alentejana. Tal como o hotel se insere no ambiente e o valoriza, também o restaurante Santo António preserva o melhor da gastronomia alentejana. Está logo a seguir à receção, numa sala ampla com decoração sóbria totalmente voltada para o exterior, através de grandes portas e vidraças que a ligam ao campo e que a enchem de luz natural.  

A ementa abre precisamente com “sabores alentejanos”, entre os quais se destacam os queijos e enchidos da região, nomeadamente a cacholeira assada em aguardente e o Lombo Enguitado de Portalegre IGP, e as sopas tipicamente alentejanas, como a de tomate à camponesa, a açorda com ovo escalfado e o gaspacho. Nos pratos principais assinalam-se os tipicamente alentejanos, como as migas de pão alentejano com carne de porco frita, os de confeção alentejana, como os medalhões de novilho grelhados ou fritos com alho e batata da avó, e outros que os clientes não dispensam, como o bacalhau frito à Santo António e os miminhos de porco à chef enrolados em bacon. Nas sobremesas, além da doçaria conventual sobressaem o cheesecake de frutos vermelhos e a serradura. Também merecem referência especial os menus infantis com cinco alternativas. Garrafeira com os vinhos da região e um ou outro de fora. Serviço eficiente e simpático.

Contactos

Morada:
Bairro de Santo António, Rua S/N, 7340-041 Arronches
Telefone:
+ 351 245 589 003


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Sabores de Guidintesta

Sabores de Guidintesta

Restaurantes e Cafés

O nome evoca um facto histórico: em 1194, D. Sancho I doou à Ordem do Hospital de S. João de Jerusalém as terras de Guidintesta com a condição de construírem um castelo e de mudarem o nome da vila de Guidintesta para Belver. Decisão feliz, porque é realmente bela a vista daquele lugar sobranceiro ao Tejo. O restaurante beneficia, ainda, de uma posição privilegiada, à entrada da vila, voltado para o rio. Tem uma sala ampla com galeria do lado oposto à entrada, tijoleira no chão, madeira no teto e mobiliário rústico, caraterística que se estende à decoração e ao ambiente.  

A cozinha é tipicamente regional com influências do Alentejo, que integra, e também do Ribatejo e das Beiras, que estão ao lado. É por isso que se contam, entre as suas especialidades, o ensopado de borrego, tipicamente alentejano; o peixe do rio com açorda de ovas, característico das povoações ribeirinhas do Tejo; a chanfana de cabra e os maranhos, de tradição beirã, embora os maranhos sejam preparados à maneira de Belver com o bucho, as carnes de porco e de ovelha ou de cabra, o chouriço e o presunto cozidos no tacho, em pedaços, e servidos com arroz confecionado no caldo das carnes com hortelã. Outros pratos populares são as migas de couve com feijão a acompanhar bacalhau assado ou carne de alguidar; o feijão da matança, assim chamado por ser servido, tradicionalmente, na altura da matança do porco, e que é um guisado com feijão vermelho e bacalhau; o polvo à lagareiro; o bacalhau assado no forno; a lampreia, na época; e os pratos do dia, que são os mais pedidos. Doçaria caseira com qualidade.

 

Contactos

Morada:
Rua Capitão João Pires, nº 4, 6040-024 Belver
Telefone:
+351 241 635 041 / +351 938 507 201


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Restaurante da Pousada Mosteiro do Crato

Restaurante da Pousada Mosteiro do Crato

Restaurantes e Cafés

Fica num local místico e perdido no tempo, entre casinhas centenárias: Flor da Rosa. A Pousada Mosteiro do Crato reúne caraterísticas arquitetónicas de castelo, convento e paço ducal, das quais resultou uma obra eclética e invulgar. A intervenção arquitetónica de Carrilho da Graça, nos anos 90, veio conferir-lhe um certo toque de contemporaneidade unificadora, pelo que acolhe os seus hóspedes e comensais com todo o conforto e design. 

O restaurante, entre as paredes rebocadas e caiadas, e outras com o granito de origem exposto, apresenta uma sala de extrema elegância, embora despretensiosa, e mesas vestidas com requinte – além de bons atoalhados –, recebem os clientes com pratos marcadores personalizados. Quanto à cozinha, é regional, embora com um toque de sofisticação conferido pela chefe Cláudia Santiago.  

A carta, equilibrada, após o couvert, aconselha boas sopas como a de tomate à alentejana com ovo escalfado ou o caldo de coentros com Chouriço de Portalegre IGP. Mas toda a ementa merece atenção, desde os petiscos como o coelho em piso de coentros com palitos de pão, às pataniscas de farinheira, entre outros. Nos pratos principais, a destacar a dourada escalada com salada de legumes salteados, o robalo recheado com migas de couve-flor, além do bacalhau lascado à lagareiro. Isto no que se refere aos peixes, pois nas carnes são populares, entre outros, a carne do alguidar com migas de batata e seleção de enchidos IGP de Portalegre, a perna de pato confitada sobre puré de batata e aros de cebola frita ou o ensopado de borrego com suas sopas de pão. Para os vegetarianos, misto de legumes gratinados com massa farfalle e risoto de cogumelos selvagens. Nas sobremesas, sobressaem a doçaria conventual, nomeadamente o tecolameco, as tábuas de queijos, os gelados e os sorvetes. Excelente garrafeira com enfoque na produção regional, mas bons apontamentos do resto do país.

 

Contactos

Morada:
Mosteiro da Flor da Rosa, 7430-999 Crato
Telefone:
+ 351 245 997 210


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Restaurante da Pousada de Marvão

Restaurante da Pousada de Marvão

Restaurantes e Cafés

O restaurante panorâmico da Pousada de Marvão, inserida na estrutura secular do casario antigo da vila medieval amuralhada, funciona como um autêntico miradouro, deixando a vista alcançar, consoante a mesa escolhida, tanto a planície alentejana como a planície espanhola e ainda a serra da Estrela. A decoração, essa, é simples e socorre-se de mobiliário rústico e de peças decorativas em cerâmica regional. Os atoalhados são floridos e o piso em tijoleira, do que resulta um ambiente tradicional, elegante e acolhedor, tal como a carta proposta que tem início nas irrecusáveis sopas de feijão com castanha, de tomate à alentejana ou a canja de perdiz. Seguem-se, nas entradas, empada de presunto (receita do século XVII), Morcela de Assar de Portalegre IGP com maçã e canela, e tartine de cogumelos com vinagre balsâmico. 

Para petiscar, são uma aposta acertada as moelas com molho de tomate, os cogumelos com farinheira e o rolinho de vitela aromatizado com ervas.  

Aqui celebram-se os autênticos paladares alentejanos nos pratos de peixe, como o bacalhau à Santa Maria e o robalo grelhado com migas de tomate; também nos de carne, a saber: empada de aves com espinafres salteados, carne de porco à alentejana, ratatouille de cabrito, perdiz estufada com esmagada de tomate e pão, entre outros. A empada de beringela e a salada de alfaces com nozes e Queijo de Nisa DOP foram concebidas para satisfazer os paladares e os apetites dos vegetarianos.  

Excelente doçaria conventual e regional, na qual se destaca o doce de vinagre, típico de Marvão, que pode constituir uma agradável surpresa até para os espíritos mais céticos. Mais consensuais serão as tábuas de queijos portugueses (nas quais se inclui o Queijo Nisa DOP) com fruta ou compotas. Garrafeira criteriosamente selecionada com base no Alentejo e apontamento das restantes regiões nacionais. Serviço eficiente e simpático.

 

Contactos

Morada:
Rua 24 de Janeiro, nº 7, 7330-122 Marvão
Telefone:
+ 351 245 993 201


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Solar da Vila

Solar da Vila

Restaurantes e Cafés

Apresenta-se como café e como restaurante, e qualquer das designações lhe fica bem. Ocupa uma grande e tradicional casa alentejana, caiada com barras azuis, e oferece dois espaços distintos: o do café propriamente dito, espaçoso, onde se petisca e se lê o jornal diário num ambiente informal e familiar, e a sala de refeições, que, embora mais sofisticada, mantém certo pendor pitoresco com os lambris de azulejo, as paredes brancas, um imponente aparador tradicional e um painel de azulejo evocativo da época das ceifas.  

A ementa é muito extensa e surpreende sobretudo no que respeita às especialidades – a caça. São elas: arroz de lebre, ensopados de javali, de lebre e de veado, javali e veado assados no forno e lebre com feijão branco. As migas são outro dos pontos fortes da casa, sejam de espargos ou de batata, a acompanhar carnes variadas, todas confecionadas de acordo com a tradição alentejana, em forma de lagartos de porco preto grelhados ou carne da calda, só a título de exemplo. 

De resto, entre os favoritos, contam-se, nas entradas: torresmos, painho de porco preto, coelho de vinagrete, cogumelos salteados e fígado e febras de vinagrete; nos pratos principais de confeção alentejana: açorda de bacalhau, sopa de cação, feijoada de chocos, abanicos de porco preto, borrego no forno, ensopado de borrego, pezinhos de coentrada e secretos de porco preto.  

Nas sobremesas, todas caseiras, há a destacar o pudim de mel, a tarte de requeijão, a serradura e o pudim de amêndoa, entre outras. Garrafeira com referências a produtores quase todos alentejanos. Serviço simpático e competente.

Contactos

Morada:
Rua da Esperança, n.º 25, 7490-072 Cabeção
Telefone:
+351 933 818 943


Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Páginas

Pesquisa avançada
Planeamento Veja os favoritos que selecionou e crie o seu Plano de Viagem ou a sua Brochura.
Esqueceu a sua password?
Faça login através de redes sociais
*Aguarde por favor. *As instruções de recuperação de password serão enviadas para o seu e-mail. *E-mail não enviado. Tente novamente.
Faça login através de redes sociais

Este site utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação e não guarda dados identificativos dos utilizadores.
Poderá desativar esta função na configuração do seu browser. Para saber mais, consulte os Termos de Utilização

close