www.visitportugal.com

Live Chat

Localidades

Representa POIs do Tipo Localidade

Leiria

Leiria

Localidades

Leiria tem um rio que corre para cima, uma torre que não tem Sé, uma Sé que não tem torre e uma Rua Direita que o não é. (Rima Popular).

Para D. Afonso Henriques, primeiro conquistador cristão de Leiria em 1135 e o fundador do seu castelo, o local constituía a sentinela avançada para a sua estratégia de conquista de Santarém, Sintra e Lisboa aos Mouros, o que viria a suceder em 1147.

Durante mais de meio século Leiria voltaria a ser devastada pelas incursões dos exércitos mouros e a sua conquista definitiva só viria a acontecer no reinado de D. Sancho I no final do séc. XII, dando-lhe o monarca o foral em 1195.

Em 1254 D. Afonso III realizou aqui as primeiras Cortes com a presença de todos os procuradores dos concelhos do Reino, facto de extrema importância na História de Portugal, pois foi a primeira vez que o povo pôde exprimir as suas reivindicações junto do Rei.

No séc. XIV D. Dinis e sobretudo sua mulher D. Isabel, a Rainha Santa, residiram por diversas vezes no castelo, talvez por o considerarem uma aprazível residência com largas vistas para os encantos da paisagem em redor.

A acção do rei ficou marcada pela implantação do pinhal de Leiria ao longo da zona litoral para protecção das dunas arenosas. Os seus pinheiros bravos viriam a fornecer a madeira e o pez para a construção naval portuguesa, sobretudo durante o período dos Descobrimentos e ainda hoje esta imensa mancha verde é um local muito agradável para um passeio.

De todas as Cortes reunidas pelos monarcas portugueses em Leiria a sessão mais trágica terá ocorrido nas de 1438, convocadas por D. Duarte para discutir a entrega de Ceuta em troca da libertação de seu irmão o Infante Santo, D. Fernando, prisioneiro em Tânger. A Assembleia decidiu pelo sacrifício do Infante a troco da manutenção da praça marroquina e o rei, aniquilado pelo desgosto, morreria pouco tempo depois.

Do Castelo medieval a cidade cresceu fora de muralhas num primeiro tempo marcado pela românica Igreja de São Pedro e depois no séc. XVI com a construção da Sé Catedral e da Misericórdia. A cidade expandiu-se então até ao rio Lis e as suas frondosas margens acolheram diversos edifícios religiosos.

Mas só no séc. XIX a cidade de Leiria se iria desenvolver novamente com o estabelecimento da burguesia muito bem retratado por Eça de Queirós, que aqui imagina o "Crime do Padre Amaro", e sobretudo pela acção de Ernesto Korrodi, que se empenhou em valorizar a cidade. Desde então e até aos nossos dias a urbanização moderna e desordenada mudou a cidade, transformando-a num centro industrial em expansão.



Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Museu de Aguarela R
Lago de origem tectónica que se instala na base da "Costa de Minde", (...)
Anke Ruschhaupt
the best way to combine the fisherman´s trails with the historical path
Eventos Eventos
Ver mais
Entremuralhas - Festival Gótico
Entremuralhas - Festival Gótico
O imponente Castelo de Leiria acolherá o Festival Gótico “Entremuralhas”, que (...)

Marinha Grande

Marinha Grande

Localidades

A história da Marinha Grande está ligada à existência dos 11.500 hectares do Pinhal de Leiria, também conhecido por Pinhal do Rei, floresta de pinheiro bravo plantada no séc. XIII por D. Afonso III e aumentada por seu filho D. Dinis.

Inicialmente destinado a suster as areias da costa que invadiam os terrenos de cultivo, o Pinhal viria a abastecer a madeira necessária à construção das naus e caravelas para os Descobrimentos Portugueses. A presença do pinhal e das areias das praias atlânticas foram determinantes para o papel da região na tradição da indústria metalúrgica e do vidro em Portugal.

Assim o entendeu o Marquês de Pombal, ministro de D. José I, ao conceder em 1769 ao industrial inglês William Stephens alvará para fundar a Real Fábrica de Vidro de Guilherme Stephens. O projecto foi continuado por um irmão de Guilherme, João Diogo Stephens, que após a sua morte o deixou em testamento à Nação Portuguesa.

Alimentada pela abundância das matérias-primas necessárias à sua fabricação, a lenha e a areia, a região tornou-se desde então o centro do fabrico de vidro e cristal português, que tem a marca da mestria de muitas gerações de operários-artistas na produção de peças únicas de reconhecida qualidade em todo o mundo.

No centro da principal praça da Marinha Grande, onde se destaca o edifício dos Paços do Concelho, encontrará o busto de Guilherme Stephens, da autoria de Luís Fernandes, homenagem de todos os trabalhadores da Fábrica que, em 1941, se quotizaram para o pagar. Um bonito portão em ferro dá acesso a um jardim onde se encontra o Museu do Vidro, instalado no Palácio Stephens. Aqui poderá apreciar as admiráveis colecções de objectos artísticos criados ao longo de mais de 200 anos, bem como o núcleo fabril.

Complete a visita respirando o revigorante ar atlântico das Praias do Litoral.




Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Museu de Aguarela R
Lago de origem tectónica que se instala na base da "Costa de Minde", (...)
Anke Ruschhaupt
the best way to combine the fisherman´s trails with the historical path
Eventos Eventos
Ver mais
RFM SOMNII
RFM SOMNII
Em julho, assista ao RFM SOMNII na Figueira da Foz, um evento a não perder que (...)

Azeitão

Azeitão

Localidades

Situada no Parque Natural da Serra da Arrábida, a zona de Azeitão, compreende diversas povoações características, de que se salientam as de Vila Fresca e de Vila Nogueira, que adoptaram os nomes das quintas à volta das quais se desenvolveram.

Vila Fresca de Azeitão cresceu em redor da Quinta Fresca, onde no séc. XV o Rei D. João I fundou um palácio, que mais tarde se passou a denominar de Palácio da Quinta da Bacalhoa, devido à alcunha dada a uma das suas proprietárias, tendo esse nome permanecido até aos dias de hoje.

Vila Nogueira de Azeitão, por sua vez, formou-se em redor da Quinta da Nogueira, propriedade de D. Constança, esposa do rei D. Pedro (séc. XIV). A povoação desenvolveu-se e foi elevada à categoria de vila e sede de concelho em 1786, categoria que perdeu em 1855.

Nesta região aprazível e de grande beleza natural fixaram residência de verão diversas famílias nobres que aqui fundaram Quintas e palacetes dignos de nota como a Quinta das Torres (hoje transformada em Estalagem) e o Palácio dos Duques de Aveiro, edificado em estilo renascença puro.

Uma visita a Azeitão deverá ser também a oportunidade para degustar os excelentes produtos da região como os queijos, as famosas tortas e os vinhos, em que se destacam os vinhos de mesa da casta Piriquita e o Moscatel de Setúbal.



Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Museu de Aguarela R
Lago de origem tectónica que se instala na base da "Costa de Minde", (...)
Anke Ruschhaupt
the best way to combine the fisherman´s trails with the historical path
Eventos Eventos
Ver mais
ObservaNatura 2015
ObservaNatura 2015
Em Outubro, fique a saber mais sobre as aves e os seus habitats na (...)

Montalegre

Montalegre

Localidades

Em pleno Parque Nacional da Peneda-Gerês, esta região oferece deslumbrantes paisagens, em que a Natureza ainda conserva todo o seu encanto.

A vila de Montalegre é dominada pelo castelo construído no séc. XIII sobre restos de uma fortificação mais antiga, o que demonstra a importância deste local como ponto estratégico de defesa do território.

Nas redondezas, junto à típica aldeia comunitária de Pitões das Júnias, o pequeno e curioso Mosteiro de Santa Maria das Júnias, hoje em ruínas pertenceu à Ordem de Cister (sécs. XIII-XIV).

Sob o ponto de vista gastronómico, Montalegre é famosa pela produção de enchidos e presunto, sendo a Feira do Fumeiro que se realiza anualmente em Janeiro, a oportunidade ideal para adquirir estas iguarias.



Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Museu de Aguarela R
Lago de origem tectónica que se instala na base da "Costa de Minde", (...)
Anke Ruschhaupt
the best way to combine the fisherman´s trails with the historical path
Eventos Eventos
Ver mais
NOS Primavera Sound
NOS Primavera Sound
Em Junho, assista ao NOS Primavera Sound, que traz ao Porto uma ampla seleção (...)

Porto

Porto

Localidades

Capital e porta de entrada da região norte, o Porto é uma cidade antiga que deu nome a Portugal e a um vinho conhecido nos quatro cantos do mundo: o Vinho do Porto.

Com uma situação magnífica junto da foz do Douro e um conjunto arquitectónico de valor excepcional, o centro histórico do Porto é Património da Humanidade desde 1996. É a capital do Norte e 2ª cidade do país; a sua população empreendedora e com marcada vocação mercantil, desde sempre afirmou a sua vontade contra imposições e invasores, sendo por isso o Porto também conhecido como a "invicta" cidade.

Para além do seu valor patrimonial, interessa descobrir no Porto a sua forte personalidade citadina e o seu tão singular carácter humano.

Para melhor conhecer a cidade é aconselhável percorrê-la devagar e admirar o casario típico e os monumentos de granito, efectuar um percurso de eléctrico à beira do Rio ou um passeio de barco por baixo das seis pontes, desfrutando de uma perspectiva diferente. Sugerimos dois itinerários, propostas diferentes para dois dias de passeio, que procuram evidenciar os impressivos contrastes que a cidade oferece. A "Baixa" do Porto, com o seu pulsar de vida citadina, o movimento, o comércio intenso, a sua expressão peculiar que alia a atmosfera de cidade nórdica e mercantil ao barroco espiritual e intenso. Em contraste, no Parque de Serralves, encontrará a modernidade do edifício que encerra o Museu de Arte Contemporânea, e a atmosfera romântica e bucólica de um parque frondoso. .



Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Museu de Aguarela R
Lago de origem tectónica que se instala na base da "Costa de Minde", (...)
Anke Ruschhaupt
the best way to combine the fisherman´s trails with the historical path
Eventos Eventos
Ver mais
NOS Primavera Sound
NOS Primavera Sound
Em Junho, assista ao NOS Primavera Sound, que traz ao Porto uma ampla seleção (...)

Coruche

Coruche

Localidades

Situada na lezíria, numa zona que é já de transição do Ribatejo para o Alentejo, a vila de Coruche é um povoado típico e tranquilo, cujas casas baixas e brancas de boa arquitectura popular se estendem pela planície junto ao rio Sorraia.

Rodeada de campos férteis, esta é uma região em que a agricultura e a criação de cavalos são as actividades predominantes, destacando-se na paisagem as vastas áreas de sobreiros de onde se extrai a cortiça de que Coruche é um dos principais produtores a nível nacional.

Coruche possui também diversos monumentos históricos, testemunhos de outros tempos, como a ponte da Corôa (de origem romana), o Aqueduto medieval do Monte da Barca e diversas Igrejas na maioria originárias do séc. XVII.

Nas redondezas, os Açudes da Agolada e do Monte da Barca são áreas de lazer muito frescas e por esse motivo muito concorridas no verão.



Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Museu de Aguarela R
Lago de origem tectónica que se instala na base da "Costa de Minde", (...)
Anke Ruschhaupt
the best way to combine the fisherman´s trails with the historical path
Eventos Eventos
Ver mais
Festival Terras sem Sombra
Festival Terras sem Sombra
Aprecie o melhor da música sacra em alguns dos mais belos monumentos do Baixo (...)

Caldas da Rainha

Caldas da Rainha

Localidades

Deve o seu nome à nascente termal muito apreciada pela Rainha D. Leonor esposa de D. Manuel I, rei de Portugal no séc. XV, que teve ocasião de comprovar as propriedades curativas destas águas quando estas lhe sararam uma ferida que há muito tempo não cicatrizava, depois de experimentar diversos tratamentos.

Como já naquela época estas águas eram muito procuradas pela população local, que nelas se banhava para curar os seus males, e para que se pudessem tratar com algum conforto, a Rainha mandou aqui construir um Hospital, à volta do qual se formou a povoação que assim ficou conhecida como "Caldas da Rainha".

A vila continuou a crescer, conhecendo o seu auge no final do séc. XIX e início do séc. XX, época em que era moda fazer uma temporada numa estância termal, sendo as Caldas da Rainha um dos locais eleitos pela nobreza e aristocracia.

Durante a 2ª Guerra Mundial esta cidade foi também o refúgio escolhido por muitos estrangeiros perseguidos pelo regime nazi.

Nas Caldas, nasceram figuras importantes da cultura portuguesa, destacando-se o pintor José Malhoa (séc. XIX) cuja obra poderá ser apreciada no Museu com o seu nome situado no Parque Termal, e também Rafael Bordalo Pinheiro, caricaturista do séc. XIX, que fundou a Fábricas de Faianças das Caldas da Rainha onde se começou a fabricar a popular loiça das Caldas, cujas peças mais conhecidas são aquelas que inserem características de humor.



Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Museu de Aguarela R
Lago de origem tectónica que se instala na base da "Costa de Minde", (...)
Anke Ruschhaupt
the best way to combine the fisherman´s trails with the historical path
Eventos Eventos
Ver mais
D a k o t a  S u i t e  &  Q u e n t i n  S i r j a c q
D a k o t a S u i t e & Q u e n t i n S i r j a c q
Os Dakota Suite regressam a Portugal acompanhados por Quentin Sirjacq (...)

Barreiro

Barreiro

Localidades

Elevada à categoria de vila no séc. XVI, o núcleo incial da povoação do Barreiro foi formado por diversos pescadores oriundos do Algarve, que aqui se fixaram e trabalhavam na barra do Porto de Lisboa, sendo por isso conhecidos por "barreiros".

Nos sécs. XVIII-XIX, a localidade desenvolveu-se muitíssimo, por ter sido aqui estabelecido o terminal da linha de Caminhos de Ferro sul e sueste, tornando-se assim um local movimentado por onde passava muita gente e que atraíu a fixação de populações e de muitas indústrias. A vila do Barreiro continuou a crescer, tendo sido elevado à categoria de cidade em 1984.



Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Museu de Aguarela R
Lago de origem tectónica que se instala na base da "Costa de Minde", (...)
Anke Ruschhaupt
the best way to combine the fisherman´s trails with the historical path
Eventos Eventos
Ver mais
Volvo Ocean Race 2014-2015
Volvo Ocean Race 2014-2015
A capital portuguesa foi escolhida para stopover transatlântico da prestigiada (...)

Mafra

Mafra

Localidades

Esta localidade nos arredores de Lisboa, na chamada Região "saloia", que abastecia a capital de produtos hortícolas, é conhecida pelo imponente Palácio-convento, o maior edifício português, construído no séc. XVIII por ordem de D. João V.

O Rei que ainda não tinha filhos, três anos após o seu casamento com D. Maria Ana de Áustria, prometeu aos frades franciscanos que lhes construiria um convento na localidade de Mafra, caso as suas preces para que um herdeiro nascesse, fossem atendidas.

Por ocasião do nascimento de D. Maria Pia (sua filha), iniciou-se a construção do edifício, cujo projeto inicial era bastante modesto. No entanto, e após a contratação do arquiteto alemão Ludovice o projeto sofreu alterações profundas possíveis de concretizar dado o fausto que se vivia em Portugal nessa altura, devido às riquezas provenientes do Brasil. Assim foi construído este monumento grandioso, (que além do convento para 300 frades, inclui uma basílica e um palácio real com 666 divisões), num tempo record de 1717 a 1730 para ser inaugurado na data do 41º aniversário do Rei.

Anexa ao Convento, a Tapada de Mafra, adquirida por D. João V em meados do séc. XVIII, para valorizar o enquadramento do edifício, foi usada como reserva de caça, estando atualmente aberta ao público.

Nos arredores merece visita na aldeia do Sobreiro, a Oficina de Cerâmica de José Franco, onde se poderá apreciar a recriação dos aspectos mais tradicionais da vida das aldeias da região, em tamanho real ou através de miniaturas animadas.

Próximo de Mafra, junto ao mar, a tradicional vila piscatória da Ericeira é muito procurada como estância balnear, e por surfistas atraídos pelas excelentes condições que esta praia e as que lhe são vizinhas (Ribeira de Ilhas, Lizandro) oferecem para a prática deste desporto.



Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Museu de Aguarela R
Lago de origem tectónica que se instala na base da "Costa de Minde", (...)
Anke Ruschhaupt
the best way to combine the fisherman´s trails with the historical path
Eventos Eventos
Ver mais
Memorial do Convento
Memorial do Convento
Esta é a história encantada do nascimento de um convento no século XVIII, (...)

Penafiel

Penafiel

Localidades

De origem muito antiga, diz-se que na região existiam dois castelos, um de nome Aguiar de Sousa e outro conhecido como Castelo da Pena. Os Mouros quando ocuparam a região tentaram invadir este último, mas não conseguiram porque o castelo foi defendido heroicamente. Por esse facto foi considerado "fiel", passando a ser conhecido como castelo de Penafiel, nome que se estendeu ao resto da área.

Região de granito e de produção dos Vinhos Verdes, Penafiel é palco de concorridas Festas por altura do Corpo de Deus.

Nas redondezas, destacam-se os templos em estilo românico como o Mosteiro de São Salvador de Paço de Sousa e as Igrejas de São Miguel de Eja e de São Salvador da Gandra.



Calcular
É necessário seleccionar um ponto de partida.

Mapa Mapa
Ver mais
Mapa
Recordar e Partilhar
Museu de Aguarela R
Lago de origem tectónica que se instala na base da "Costa de Minde", (...)
Anke Ruschhaupt
the best way to combine the fisherman´s trails with the historical path
Eventos Eventos
Ver mais
NOS Primavera Sound
NOS Primavera Sound
Em Junho, assista ao NOS Primavera Sound, que traz ao Porto uma ampla seleção (...)

Páginas

Pesquisa avançada
Planeamento Veja os favoritos que selecionou e crie o seu Plano de Viagem ou a sua Brochura.
Esqueceu a sua password?
Faça login através de redes sociais
*Aguarde por favor. *As instruções de recuperação de password serão enviadas para o seu e-mail. *E-mail não enviado. Tente novamente.
Faça login através de redes sociais